domingo, 25 de agosto de 2019

NAVAL 1893 VENCE TROFÉU CIDADE DA FIGUEIRA DA FOZ


A equipa de futebol sénior da Naval 1893 apresentou-se hoje aos seus adeptos e associados num encontro que teve como adversário o Estrela da Amadora.

A equipa da Figueira da Foz venceu pela margem minima assegurando a conquista do Troféu Cidade da Figueira da Foz.

No próximo domingo pelas 17 horas a equipa navalista recebe em encontro amigável no sintético do Campo de Treinos do Municipal Bento Pessoa a equipa do Clube Desportivo Os Belenenses.

GRUPO RECREATIVO VILAVERDENSE




11 ANOS
25 agosto de 2008 – 25 agosto  2019


Caros Amigos e Visitantes


Foi a 25 de Agosto de 2008 que avançamos com o projecto Marcha do Vapor. Hoje comemoramos o nosso 11º Aniversário.

Continuamos pequeninos, mas com grande vontade de crescer. Não podemos agradar a todos, é natural, mas modéstia á parte cerca de 1 492 512  de visualizações, 17 406 mensagens, milhares de comentários recebidos dão-nos a vaidade de dizer que conquistámos um espaço na blogosfera figueirense.

Queremos continuar a ser um espaço obrigatório da vossa visita e sabemos que para isso temos de melhorar. Mandem-nos as vossas sugestões, coloquem as vossas razões as vossas duvidas.

Continuamos a não abdicar do respeito que devemos uns aos outros. Ofensas, Calúnias e Incentivos á Violência não entram.

Permitam-me hoje recordar o primeiro “post” editado pelo Marcha do Vapor, é a minha homenagem a três grandes amigos que já partiram, mas que todos os dias os recordo com imensa saudade, José Martins, Jorge Reis e Albarino Maia

A eles, a vós, ao Marcha do Vapor levanto a minha TAÇA…Tchim…Tchim

Primeiro "post" Editado no Marcha do Vapor a 25-08-2008


No momento que estou a iniciar este projecto estou a pensar em vós, já que, de uma maneira, ou de outra, vos considero responsáveis por este bichinho que me vai mordendo diariamente de escrevinhar algumas coisas.

Sem preciosismo – para descanso de algumas almas penadas que por aí andam - não sou nem escritor nem jornalista, mas ando por aí, pior do que isso, tenho um terrível defeito. Gosto de emitir a minha opinião mesmo quando não ma pedem.

Não direi que este espaço seja o “meu diário” – isso é que era bom – mas será um espaço colectivo onde todos podem emitir a sua opinião, desde que para isso, não recorram à ofensa, à provocação, à violência.

Estes são princípios que não abdico – e volto novamente ao início – aprendi com o meu saudoso e grande amigo, José Martins nos tempos do “Barca Nova” "devemos ser sempre fiéis á verdade, nunca devemos humilhar ou desprestigiar aqueles sobre quem escrevemos”.

É claro e obvio que muita gente não entende esta forma de estar e utiliza meios muito condenáveis para nos calar, temos sofrido alguns boicotes, aturado algumas prepotências e pasme-se até já fomos ameaçados.

Também jamais esquecerei as lições que recebi dos saudosos amigos Jorge Reis e Albarino Maia este último meu querido Director de O Figueirense.

Para finalizar SOU CONTRA TODO O TIPO DE CENSURA mas não enjeitarei em "cortar o pio" a quem neste blog se queira aproveitar, através de comentários insultuosos faltar ao respeito a quem quer que seja.

MARCHA DO VAPOR como diz o poeta “A BORDO NINGUÉM SE TEME... AQUI NINGUÉM SE RECEIA "

Rogério Neves




quarta-feira, 7 de agosto de 2019

ATÉ UM DIA DESTES!!!


Apesar das ameaças de chuva e muita gente dizer que este ano não há verão vou ausentar-me nos próximos dias para poder gozar, não direi férias, por que de férias estou há muito, mas mudar um pouco de hábitos do quotidiano ... Até já!!! 

PADRE MANUEL DA SILVA VAI SER HOMENAGEADO

 Via Diário as Beiras

A TODO O VAPOR: Conheci o Padre Manuel da Silva era ainda um puto, aluno da Escola Comercial e Industrial da Figueira da Foz , hoje Escola Bernardino Machado onde o Padre Manuel da Silva leccionava a disciplina de Religião e Moral. Apesar da nossa diferença de idades desde logo senti grande amizade pelo Padre Manuel da Silva, amizade que tem perdurado ao longo dos anos. 
Ao ter conhecimento desta homenagem, mais que merecida, saúdo o meu amigo Padre Manuel Silva e tudo farei para estar presente nessa homenagem.

ATLETA FIGUEIRENSE NA SELECÇÃO NACIONAL DE SUB 14 FEMININA DE BASQUETEBOL



SELEÇÃO NACIONAL DE SUB 14

A atleta do Sporting Clube Figueirense, Rita Nazário, foi convocada para a Seleção Nacional de Sub 14, que irá participar no Torneio Internacional de Guadalajara (Espanha) nos próximos dias 9,10 e 11 de agosto.

MILHARES DE PESSOAS ASSISTIRAM AO FIGUEIRA SMASH FEST


A zona desportiva de Buarcos recebeu, entre 2 e 4 de agosto, a 3.ª edição do Foz Plaza Figueira Smash Fest, que contou com a participação de mais de meio milhar de atletas.

Em simultâneo realizaram-se três eventos: a penúltima etapa do Circuito Nacional Sénior Masculino e Feminino, ganha pelas duplas Leão/Oliveira (em masculinos) e Antunes/Oliveira (em feminino); o Circuito Gira Praia (de sub 14, sub 16 e sub 18) e ainda o Foz Plaza Smash Cup em quadras, que contou com as categorias masculino, feminino e veteranos.

No Figueira Smash Cup, sagraram-se vencedores (em masculinos) os Tubarões do Lis e a Petekas (em femininos ). Os Aguda Boys foram os vencedores na categoria de veteranos.

No próximo dia 24, integrado no Projeto Municipal Figueira Beach Sports City e nos Foz Plaza Figueira Beach Games, realiza-se a Figueira Arena Beach Run, uma corrida de praia com cinco quilómetros, com partida e chegada junto à Praia do Relógio.

Via Municipio da Figueira

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Diário as Beiras
Diário as Beiras

LAMENTÁVEL CHEGAR-SE A ESTA SITUAÇÃO

MP pede perda de mandato da presidente da Junta de Quiaios

Fernanda Lorigo, presidente da junta de Quiaios.
FOTO JOT’ALVES

Via Diário de Coimbra

"A presidente da Junta de Freguesia de Quiaios, Maria Fernanda Lorigo (eleita pelo PS), e o seu secretário, Carlos Alberto Patrão, podem vir a perder mandato e a ser condenados por alegadamente terem favorecido o pai da autarca, Manuel Lorigo, em serviços de manutenção das Piscinas da Praia de Quiaios. Neste processo, referente ao anterior mandato na Junta, está ainda como arguida a então tesoureira, Ana Raquel Correia, acusada dos mesmos crimes, que entretanto já não integra o executivo da Junta."


Nota OUTRA MARGEM:

O folhetim da manutenção das piscinas de Quaios já dura há vários anos.

«PODEROSOS E INTOCÁVEIS COM OS QUAIS, PARA MEU AZAR, ME CRUZEI EM PORTUGAL»



A propósito de Berardo, lembro-me de alguns dos 'poderosos' e 'intocáveis' com os quais, para meu azar, me cruzei em Portugal ao longo de 25 anos de jornalismo. (...) Tenho muita pena de alguns excelentes e incorruptíveis jornalistas que, aqui em Portugal, ficaram pelo caminho.

A propósito de Berardo, lembro-me de alguns dos 'poderosos' e 'intocáveis' com os quais, para meu azar, me cruzei em Portugal ao longo de 25 anos de jornalismo.

Ricardo Salgado/BES: depois de dois artigos publicados na revista Fortunas&Negócios sobre os 'donos da banca' em 2001, Salgado queixou-se à administração. Sentia-se retratado no meu artigo "como se fosse um gatuno" (quem transmitiu esta citação de Salgado é hoje director de informação de um canal de televisão). Fiquei sem emprego e os meus colegas também - a administração fechou a revista para não perder a publicidade no Diário Económico e no Semanário Económico.

Jorge Jardim Gonçalves/Millennium: depois de uma crónica numa revista enviou-me um bilhete, manuscrito, assinado e não muito subtil, a ameaçar com processos judiciais.

André Jordan/magnata do imobiliário: não gostou de um artigo que escrevi sobre ele para a 'Sábado' e o, na altura, director da revista veio dizer-me que a minha colaboração não podia continuar: "Lamento, passaste a persona non grata; o Jordan deve ter oferecido uns cartões gold para jogar golfe a alguém da administração".

Outras 'figuras do regime', da área política, que se queixaram de artigos meus e levaram um director de jornal a despedir-me: Santana Lopes e Dias Loureiro. Depois houve o jornal, de primeira linha (Expresso), com o qual deixei de poder colaborar, subitamente e depois de meses de elogios aos meus artigos, porque alguém, imagino eu, mas não sei ao certo quem, não gostava da minha abordagem aos temas.

Houve ainda, também essa uma forma de censura, várias publicações que deixaram de me encomendar artigos porque, simplesmente, deixaram de ter verbas para pagar (recentemente o DN, por exemplo).

Enfim, nunca isto me deitou abaixo por muito tempo. Quando deixei de ter trabalho em Lisboa, que me permitisse sobreviver, fui durante uns anos trabalhar como jornalista para - excelentes publicações - em Berlim e Frankfurt.

Tenho a enorme sorte de poder trabalhar para órgãos de comunicação social na Alemanha e na Áustria. Mas tenho muita pena de alguns excelentes e incorruptíveis jornalistas que, aqui em Portugal, ficaram pelo caminho.



A TODO O VAPOR: Um excelente artigo de um jornalista que nem sequer conheço por isso não me podem chamar de puxa-saco por me solidarizar com este homem integro que sofreu na pele, tal como , eu as diabrites e prepotências de quem não gostava dos seus escritos e por isso a solução foi calá-lo.
Este é um dos retratos mais actualizados da comunicação social ou pelo menos de que nela manda ou domina... "Ou escreves como eu quero e o que eu quero ou estás dispensado" . Muito haveria para dizer neste capitulo, mas para quê? o poder continua a ser ditatorial o que por vezes me admira é como gente que foi tão integra se deixou envolver nesta malha.
RN

PARA QUEM NÃO SABE A ORIGEM DO NOME DA "BICA"



Diário as Beiras
Diário as Beiras

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

FILARMÓNICA DEZ DE AGOSTO COMEMORA 139º ANIVERSÁRIO


A Sociedade Filarmónica Dez de Agosto no ambito das comemorações do seu 139º Aniversário realiza no dia10 de agosto, pelas 21h30, a sessão solene comemorativa da efeméride. 

Na Sessão Solene vão ser entregues diversas   distinções, que  pretendem “reconhecer pessoas e instituições inspiradoras que apresentam um percurso de excelência e se afirmam como exemplo de mérito no concelho da Figueira da Foz”.

Depois de promover diversas iniciativas, entre elas o «Dez&10», a «República ConVida», as «Serenatas do Mondego» ou o grupo de teatro amador «As Personagens», a Sociedade Filarmónica Dez de Agosto avança com a entrega dos «Prémios Dez d’Excelência».

 Oportunidade ainda para assistir à participação especial da Orquestra de Jazz do CAE, dirigida pela maestro Ricardo Gabriel, e do Duo Ana Luísa Marques & Pedro Santos.

Distinções

• Amélia Pereira - Médica, directora do Serviço de Medicina Interna do Hospital Distrital da Figueira da Foz e coordenadora da VMER

• Jorge Piedade - Bombeiro profissional, comandante interino dos Bombeiros Municipais da Figueira da Foz

• António Jorge Lé - Memorialista, dirigente associativo e director do Jornal «O Figueirense»
• Cevadas - Casa das Carnes do Ervedal

• APAFF - Associação de Protecção Animal da Figueira da Foz

Por outro lado, dia 17 de agosto, às 21h30, terá lugar a apresentação do Clube Dez de Jazz (incluindo exibição comentada do documentário «Jazz on a Summer′s Day», por Francisco Neves), um projecto que pretende divulgar, entusiasmar e dar vida ao jazz na cidade.


sábado, 3 de agosto de 2019

SE FOSSE VIVO FARIA HOJE 90 ANOS


UM TURISTA ESPECIAL EM FIM DE SEMANA NA FIGUEIRA DA FOZ

CAVALO ANDOU À SOLTA NO CENTRO DA FIGUEIRA DA FOZ 

Um cavalo branco andou esta quinta-feira à noite à solta no centro da cidade da Figueira da Foz, distrito de Coimbra, sem, no entanto, provocar danos ou incidentes, disse à Lusa fonte oficial da PSP.
cavalo andou em vários locais da cidade, mas não provocou danos ou incidentes. Acabou por entrar num terreno [na zona a norte do parque das Abadias, perto do estádio municipal] e lá ficou, não sabemos de quem é, estamos a averiguar", afirmou a fonte da PSP da Figueira da Foz.

 A mesma fonte indicou que o cavalo em causa foi visto na cidade cerca das 21h00 e andou livremente pelas ruas da baixa durante "cerca de 20 a 30 minutos".

Afirmou ainda que o animal "não é do circo" que está instalado precisamente na zona norte da cidade, junto ao pavilhão do Ginásio Figueirense e perto do parque de campismo municipal.

Já diversas testemunhas oculares, através de publicações nas redes sociais, declararam ter visto o cavalo em vários locais, desde a estação de comboios na entrada da cidade, passando pela zona comercial da baixa e zona ribeirinha, até à avenida que ladeia o parque das Abadias, um percurso com cerca de quatro quilómetros.

Em declarações à Lusa, Pedro Silva, uma das testemunhas oculares, disse que andava a passear o cão perto das Abadias e foi "surpreendido" pela presença de "um cavalo branco", a trote, na avenida Manuel Gaspar de Lemos, "perseguido" por um carro da PSP.

"O cavalo vinha da zona do mercado [municipal, junto ao rio Mondego], a PSP ia nessa direção e deve ter-se cruzado com ele, porque depois o carro da polícia [inverteu a marcha e] foi atrás dele", contou.


quarta-feira, 31 de julho de 2019