segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

FIGUEIRA DA FOZ

Foto Marco Cardoso
(Para ver em tamanho total clicar em cima da imagem)

O ÚLTIMO GOLO DO FRAN...


Francisco Cravo Araújo para os amigos o Fran faleceu na última sexta-feira no decorrer de um treino do clube que representava o Grupo Desportivo da Ereira.

As Cerimónias Fúnebres realizam-se amanhã terça-feira na Igreja das Alhadas onde o corpo do malogrado atleta ficará em Camara Ardente a partir das 13: 30, com o funeral a realizar-se pelas 16:00 horas.  

Descansa em paz Fran!!!

O BURRO, PORQUE É BURRO, SÓ FAZ O QUE LHE APETECE...


"O 1.º de Dezembro não é uma data qualquer na história de Portugal. Não se comemora uma mudança de regime ou de sistema político ou o nascimento de um santo ou outra qualquer data importante. Dias, acontecimentos, efemérides que, claro está, devem também ser lembrados e comemorados porque são parte da nossa história, do nosso passado comum. O 1.º de Dezembro é muito mais importante. Comemora-se a restauração da independência nacional. Uma data em que voltamos a tomar o nosso destino nas mãos. Em que, juntos, decidimos arriscar a nossa vida e a dos nossos filhos para sermos donos do nosso futuro. Não é possível conceber uma data na nossa história que tenha mais relevância, mais significado para aquilo que somos enquanto povo.

O que os dirigentes do PSD fizeram ao não estar presentes nas comemorações do 1.º de Dezembro foi preferir fazer uma birrinha politiqueira a respeitar o passado do seu país, a memória de um povo, do seu povo. Não consigo imaginar maior falta de sentido de Estado, maior falta de patriotismo, maior ausência de conhecimento sobre valores fundamentais, maior ignorância sobre o que une uma comunidade e o que lhe dá sentido. Uma mancha vergonhosa na história do partido."

Na crónica de que transcrevi dois excertos, "O 1.º de Dezembro, a memória e a politiquice", Pedro Marques Lopes explica a falta de visão e mais um tiro no pé deste PSD de Passos Coelho.
Embora oficialmente o 1º de Dezembro tenha deixado de ser feriado, por obra e graça de um governo presidido por Passos, Passos não compreendeu em tempo útil, que essa é das tais datas que nunca iriam cair  no esquecimento dos portugueses, pois é uma data que está associada a um dos maiores acontecimentos da História de Portugal: a reconquista da independência em 1640, depois de 60 anos de domínio espanhol
Uma data com este significado merecia continuar a ser assinalada em celebrações oficiais. E António Costa, percebeu que a memória dos feitos que forjaram, ao longo dos séculos, a identidade e o futuro de Portugal entre as outras nações europeias, é uma memória que deve continuar a ser comemorada a nível de Estado. Por isso restabeleceu a comemoração oficial deste feriado.

Passos tinha obrigação de saber, que reconquistar a liberdade, para os conjurados do 1º de Dezembro de 1640, foi um acto patriótico, cheio de abnegação e de fé, em que empenharam a vida, a família, os bens e a honra, uma missão cujos lances eram incertos e arriscados, pois nem o rei que queriam pôr no trono, o Duque de Bragança, lhes prometera lealdade absoluta. Que tal como o Mestre de Avis, quando entrou no paço da rainha para matar o conde Andeiro, também eles não hesitaram em invadir o palácio da Duquesa de Mântua, dar-lhe voz de prisão e atirar por uma janela o traidor Miguel de Vasconcelos. 
O futuro estava traçado e o preço da nova liberdade custaria a Portugal, como no tempo de D. João I, um duro esforço de guerra, até finalmente os tercios filipinos regressarem à fronteira de Badajoz, vergados sob o peso da derrota, e outros estados europeus, incluindo o Vaticano, esquecerem as suas alianças com Espanha, reconhecendo como legítima a subida ao trono de D. João IV.
É por isto, que a ausência do PSD nas comemorações do 1.º de Dezembro, em 2016, não pode ser vista como mais um fait divers político.

A ausência do PSD das comemorações do Dia da Restauração, em 2016, é  uma falha gravíssima, uma atitude que envergonha quem a cometeu, mas também quem votou no PSD, quem já tenha votado e, no fundo, todos os portugueses.

FESTIVAL E DESFILE DE BANDAS NA PRAÇA VERMELHA


ESPECTÁCULO IMPERDÍVEL

POESIA ALENTEJANA..."A PRIMÊRA VEZ"


MANCHETES DO DIA







NOTÍCIAS AO MINUTO


domingo, 4 de dezembro de 2016

FIGUEIRA DA FOZ

Foto Agostinho Gonçalves
(Para ver em tamanho total clicar em cima da imagem)


CARTAZ DESPORTIVO

Cartaz Desportivo 2 a 5 de Dezembro 2016

Confira os principais resultados desportivos do fim de semana, nomeadamente  onde participam equipas do concelho da Figueira da Foz



PS: Este espaço está aberto a todos os clubes que queiram aqui ver os seus resultados dos jogos de fim de Semana.
Basta enviarem um email para: marchadovapor@gmail.com e os seus resultados serão publicados.

NAVAL UM BANQUETE PARA QUEM A DEFRONTA


Costuma dizer-se que não existem vencedores antecipados, todavia salvo uma ou outra exceção (rara) os adversários da Naval vão-se banqueteando quando defrontam a turma figueirense.

Hoje em Cantanhede mais um conjunto de “coisas” que não podem acontecer a este nível e que nada abonam ao nome ou prestígio da Naval.

E o resultado ficou à vista, uma derrota por 3-1 e o pior de tudo é que nos fica a sensação que cada dia que passa as coisas vão ficando piores, e se assiste de forma impiedosa a uma situação que dará inevitavelmente em doença terminal

Não queremos ser “advogados do diabo” mas é necessária uma dose de coragem para quem de direito assuma de uma vez por todas que as coisas não podem continuar a funcionar desta maneira.

Quanto ao jogo o Sertanense chegou à vantagem sem precisar de fazer muito ao minuto 15. A Naval tardou a reagir e apenas abordou a baliza forasteira em duas ocasiões, uma bola parada que saiu a rasar o travessão e um lance confuso na área em que os figueirenses reclamam penalti

Na etapa complementar sem surpresa o Sertanense chegou ao 2-0 e aí tudo parecia arrumado. Assim não aconteceu e o sonho de dar a volta aos acontecimentos aconteceu mas por breves minutos.


Aos 78 minutos a Naval reabriu o jogo marcando por Samba e fez acreditar que as coisas podiam mudar. O sonho durou sete minutos e curiosamente no melhor período da Naval em que os figueirenses se balancearam no ataque á procura do empate e o Sertanense aproveitou para desferir contra ataque letal sentenciando a partida com a marcação do golo (3-1) que fecharia o marcador. 

ESTA É DE MORRER A RIR


INVESTIGADOR PROPÕE ESTRATÉGIA PARA TURISMO DE IATES NA FIGUEIRA DA FOZ


O desenvolvimento do turismo de iates na Figueira da Foz passa, segundo um investigador da Universidade de Coimbra, pela promoção da marina local e criação de condições, hoje praticamente inexistentes, para aquele segmento.

Autor de uma tese de doutoramento intitulada “O Turismo de Iates – Estratégia de Desenvolvimento para a Figueira da Foz”, Luís Silveira, investigador do Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território (CEGOT), alega que o município do litoral do distrito de Coimbra possui “potencialidades imensas para o desenvolvimento do turismo de iates”, mas frisa que não existe uma estratégia para esse desenvolvimento, quer da parte da Câmara Municipal, quer da administração portuária, que tutela a marina.


OS SETE PAFNIFICOS


Uma tarde de Inverno, sentado à lareira com um whisky de malte nas mãos e adormecendo a ver um velho vídeo com uma boa cowboyada. 

O sonho (ou pesadelo) leva-nos a uma nova versão dos sete magníficos, desta vez com sete figurões.

O melhor é acordar imediatamente.

MANCHETES DO DIA





NOTÍCIAS AO MINUTO

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

FIGUEIRA DA FOZ

 Foto Pedro Mota
(Para ver em tamanho total clicar em cima da imagem)


CARAS DIREITAS FESTEJA 109º ANIVERSÁRIO COM PRENDA ESPECIAL


Primeiro de dezembro tradicionalmente é dia de festa para o Grupo Caras Direitas, afinal só se festeja aniversário uma vez por ano e ontem a popular colectividade apagou as velas do seu 109º Aniversário.

A (melhor) prenda surgiu da boca da Senhora Presidente, Lucinda Basílio que informou sócios amigos e individualidades presentes que a Penhora que pendia sobre o Pavilhão da Colectividade tinha sido resgatada.

Um processo com anos que já se cifrava em cerca de 250 mil euros e que face á boa vontade de um associado - familiar de um dos fundadores - conseguiu-se que fosse ultrapassada.

Fé e esperança no futuro são sentimentos que norteiam quem dirige aquela nau que apesar das muitas tormentas pode encarar agora o futuro com mais determinação e ao serviço da cultura e do desporto.

Parabéns Caras Direitas


AGENDA DESPORTIVA DE FIM DE SEMANA

 SÁBADO 3 DE DEZEMBRO
Troféu Petizes
17h Tocha x Naval
===
Distrital de Benjamins
11h30m Leirosa x Naval C
11h30m Casaense x Naval B
11h30m Naval A x Pedrulhense
===
Distrital de Infantis
10h Naval A x Ançã
===
Nacional de Juniores
15h Oeiras x Naval
===
DOMINGO 4 DE DEZEMBRO
Nacional de Iniciados
11h Vigor x Naval
===
Taça AFC Iniciados
11h Lousanense x Naval
===
Taça AFC Juvenis
11h Naval x Vigor
===
CAMPEONATO PORTUGAL PRIO
15h Naval x Sertanense
Complexo Municipal de Cantanhede
=== 

UM BOM FIM DE SEMANA DESPORTIVO PARA TODOS

S SILVESTRE DA FIGUEIRA DA FOZ APRESENTADA

A 3ª Edição da S Silvestre da Figueira da Foz vai realizar-se no sábado dia 10 de Dezembro pela 18: 30 com partida e chegada à Rotunda do Pescador em Buarcos.

Antes disso realizar-se-á a “Corrida Jovem” para os escalões entre Benjamins e Juvenis num percurso que totaliza 700 metros para os primeiros e 1400 metros pra os restantes.

Sem caracter competitivo consta ainda do evento a Mini Maratona e Caminhada num total de 5km

A prova Rainha S Silvestre tem um percurso de 10 km aferido pela F P A e tem como embaixadores Francis Obikwelu e Bruno Costa.

Para além dos prémios competitivos – a organização continua a não conceder prémios pecuniários – haverá prémios surpresos que poderão ser de classificação como por sorteio.

Refira-se ainda que a atribuição do Prémio Prestigio 2016 vai ser entregue a Mário Teixeira uma personalidade do Atletismo do Distrito de Coimbra actual coordenador da Escola de Atletismo de Coimbra.

Para além deste Galardão também o atela Paraolímpico Manuel Mendes irá ser galardoado com o “Prémio Especial”

Sábado dia 10 de Dezembro uma tarde desportiva de boas e grandes expectativas.

OPINIÃO...RUI CURADO DA SILVA

EDITADO NO DIÁRIO AS BEIRAS

ALERTA PARA INUNDAÇÕES E QUEDAS DE ÁRVORES NO FIM DE SEMANA


Prevê-se um agravamento das condições meteorológicas para sábado, nas regiões do sul, estendendo-se à região centro, no domingo.

O aviso à população surge após o contacto realizado hoje pelo Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da ANPC com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que prevê um agravamento das condições meteorológicas para sábado, nas regiões do sul, estendendo-se à região centro, no domingo.

PROVOCAÇÃO!!!


O cúmulo do mimetismo é, aqueles que aplaudiram o corte dos feriados, virem agora reclamar porque os Reis de Espanha vieram cá na véspera das comemorações do 1º de Dezembro.

E MAIS UM FERIADO FOI DEVOLVIDO

ESTE FERIADO NUNCA DEVERIA SER RETIRADO
(Marcelo Rebelo de Sousa - Presidente da Republica)

========================