quarta-feira, 1 de abril de 2015

Figueira da Foz

Foto: Júlio Marques

Camara Municipal vai retomar a limpeza da praia


A Camara Municipal reuniu hoje com os promotores da petição que exige a limpeza do areal da Praia da Claridade.

A reunião ainda decorre mas pelo menos já existe uma certeza, a Camara Municipal desiste do seu projecto de incidir a implementação, quase exclusivamente, na disponibilização de espaços naturais qualificados, propondo pequenos equipamentos e sobretudo acessibilidades universais à praia e vai nos próximos dias proceder à limpeza da Praia


Mais notícias nas próximas horas

OPINIÃO


In-Diário as Beiras

Como hoje é dia das mentiras vamos homenagear um mentiroso

ISTO PASSOU-SE A 1 DE ABRIL DE 2011

MENTIROSO COMPULSIVO? PIOR DO QUE ISSO!!!

Como chegámos ao abismo


Morte suspeita chega aos Impostos

Nestes últimos dias, o Fisco tem andado nas bocas do mundo. A lista VIP demitiu diretores e subdiretores-gerais e colocou em alvoroço toda a Autoridade Tributária. Mas algo mais sinistro ocorreu, sem que ninguém tivesse dado por nada. No dia 28 de janeiro, o Correio da Manhã noticiava a repetição do chamado "Caso Beltrónica". Um dos primeiros grandes casos de alegada corrupção na administração fiscal, envolvendo secretários de Estado e diretores de Finanças.

Corria o ano de 1998 quando uma inspeção à empresa Beltrónica identificou 3,8 milhões de euros de impostos por pagar. O contribuinte reclamou e 36 liquidações "desapareceram" do sistema de cobrança. O julgamento decorreu em 2012, sem condenações, mas a Relação decidiu a sua repetição este ano, com o argumento de que era "necessário fundamentar melhor a matéria de facto dada como não provada".

Desde o início de toda esta trama, Fernando Rocha, um funcionário dos Impostos, defendeu a existência de favorecimentos em várias esferas da administração fiscal. Foi ouvido em sede disciplinar, testemunhou em julgamento...

Curiosamente, a repetição ordenada pela Relação mandava ouvir novamente 30 testemunhas... mas excluiu Fernando Rocha. Inconformado, o funcionário pediu para ser ouvido novamente. Queria contar o que sempre soube mas que poucos queriam ouvir.

Não conseguiu! Fernando Rocha foi encontrado morto na sua casa nas Caldas da Rainha no passado dia 23 de fevereiro. A causa da morte ainda é desconhecida, e o relatório da autópsia ainda não foi concluído. É estranho, é lamentável. Eu conhecia o Fernando Rocha. Paz à sua alma!

Miguel Alexandre Ganhão

Hospitais da Figueira da Foz e Coimbra juntos na implementação da Via Verde AVC


O Hospital Distrital da Figueira da Foz (HDFF) e o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) celebraram hoje um protocolo com vista à implementação da Via Verde AVC, que será operacionalizada através da utilização da telemedicina.

O presidente do Conselho de Administração do HDFF, Pedro Beja Afonso, referiu que este é um projeto inovador que "abrirá uma janela de oportunidades para que as duas instituições consolidem a sua articulação".

"A implementação da Via Verde do AVC no HDFF, com o apoio do CHUC, permite oferecer aos doentes uma oportunidade terapêutica e de recuperação dos défices neurológicos instalados de que atualmente não dispõem", frisou.


ACOMPANHE AS NOTICIAS DO DIA MINUTO A MINUTO




















MANCHETES DO DIA


NOTICIAS DO DIA

Debate Quinzenal Partido Socialista acusa Governo de "sonsice" na Lista VIP

Dias Ferreira Benfica tem "pouco mais de 50% de hipóteses" de ser campeão

Lisboa CDS-PP acusa António Costa de abandonar mandato que pediu

Naufrágio Costa Concordia levava carregamento de cocaína da máfia

Investimento Descida das taxas Euribor esconde uma armadilha

MAIS NOTÍCIAS 



Marcha do Vapor nomeado para "Blog do Ano pela Figueira TV


Marcha do Vapor foi nomeado para Blog do Ano na IV Gala Figueira TV uma nomeação que muito nos honra.


Para todos aqueles que desejem votar no Marcha do Vapor podem fazê -lo clicando:


terça-feira, 31 de março de 2015

Figueira da Foz... MIradouro da Serra da Boa Viagem

Foto: Júlio Marques

Navio de cruzeiro faz escala na Figueira da Foz

Para aumentar o zoom clicar em cima das imagens

No próximo dia 7 de Maio, um novo navio de cruzeiro vai chegar à Figueira da Foz com mais de 300 pessoas a bordo, das quais duzentas são turistas e os restantes tripulação do barco.

Após a sua chegada à Praia da Claridade, os turistas terão uma recepção local que incluirá folclore entre outras novidades.

Está escala na Figueira da Foz terá uma duração de 10 horas aproximadamente, seguindo os turistas para Coimbra, onde farão uma visita à Universidade, almoço e uma sessão de fados de Coimbra.

Há muito que a Figueira da Foz luta por esta vertente de turismo de cruzeiro, pois passam largas centenas destas embarcações aqui ao largo, mas que não fazem escala por diversas razões, entre elas acessibilidades portuárias.

O último cruzeiro a escalar o porto figueirense foi Spirit of Oceanus, a 11de Julho de 2010, com 52 turistas, e o primeiro cruzeiro a vir à Figueira da Foz, foi a 11 de Setembro de 1990, numa viagem quase inaugural para o “Renaissance”, um barco com 90 metros de comprimento, registado em Palermo, Itália, e que havia sido lançado à agua nesse mesmo ano. Transportava 56 tripulantes e trazia 75 turistas americanos

Figueira na Hora - José Santos (Texto e fotos)

O que faz ter os cofres cheios!!!


Concerto com Luis Pinto no Teatro da Trindade em Buarcos


CAMPEONATO NACIONAL DE MSD RYU BUDO NA CASA POVO ALQUEIDÃO


Para aumentar o zoom clicar em cima da imagem

Sob égide da Associação Internacional MSD RYU- Portugal, decorreu no passado dia 28 Março na Casa Povo Alqueidão/ Figueira da Foz,  o Campeonato Nacional de MSD RYU BUDO 2015 nas vertentes Formas e Defesa Pessoal.

No encontro estiveram presentes 70 atletas em representação de equipas de vários pontos do país. O Campeonato teve um excelente nível técnico com os atletas a terem pontuações muito próximas uns dos outros, o que demonstra mais uma vez o equiparado nível existente nos vários Dojos (clubes).

Soke Miguel Abreu em nome da Associação MSD RYU, agradece á  mestre Mariana Ribeiro e á Casa Povo Alqueidão  por toda a colaboração para a realização este Campeonato.


ACOMPANHE AS NOTÍCIAS DO DIA MINUTO A MINUTO





















MANCHETES DO DIA










NOTÍCIAS DO DIA

Comissão BES Empresário deu 14 milhões a Salgado e diz que perdeu 25

Moeda Diplomatas querem aumentos. A culpa é da queda do euro

Empresa Metro de Lisboa manda retirar sistema de 20 milhões

Carta Presidente do ISEG pede desculpa pelo "escroque" dirigido a Salgado

Polémica TVI nega ter "castigado" Judite Sousa

Polémica UGT perde sindicato por não se opor a privatização

MAIS NOTÍCIAS

segunda-feira, 30 de março de 2015

Figueira da Foz

Foto: Júlio Marques

MEMÓRIAS DA MINHA INFÂNCIA

A QUEIMA DO JUDAS


A "Queima do Judas" realizava-se na semana da Páscoa na bifurcação da Rua 9 de Julho com a Rua da Restauração.

O seu autor era o Ti Picha um homem que pendurava um boneco no meio da rua com o nome de Judas e os rapazes do meu tempo apresentavam-se pelas 12 horas com paus e vassouras para dar cachaporra no boneco até o desfazer mas aí começavam a saltar rebuçados e outras guloseimas que a malta deixava de se interessar pelo Judas e quem pudesse agarrar mais guloseimas melhor servido ficava.

Sobre esta foto já passaram 54 anos mas na minha memória continuam bem vivas estas imagens que eram o entretém dos putos do meu tempo. 

INACREDITÁVEL... DEPOIS DIZEM QUE A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NÃO FUNCIONA


TEIMOSA CUMPRE A TRADIÇÃO DO ENTERRO DO BACALHAU


A Sociedade Filarmónica Dez de Agosto irá recuperar este ano a tradição do Enterro do Bacalhau.

Como diz o memorialista figueirense António Jorge Lé, o Enterro do Bacalhau "não é marca exclusiva da Figueira, mas a ela se apegou, de forma carinhosa e marcante, há largas décadas".

Assim, na noite do dia 4 de Abril, Sábado de Aleluia, a "Dez de Agosto" irá percorrer, a partir das 22h, as ruas da cidade ao som do tradicional pregão "bacalhau, bacalhau". Este ano a marcha fúnebre estará a cargo da Filarmónica da Sociedade Boa União Alhadense. Não faltarão o tradicional pendão gigante em forma de bacalhau, carpideiras, pescadores do bacalhau, peixeiras, cozinheiros e afins, sem esquecer o orador que, em cima de um dóri, versará sobre a cidade e as suas gentes, numa versalhada crítica e atenta.

O orador fará discursos de homenagem ao "defunto bacalhau" na Rua da República, no Mercado Municipal, em frente ao Casino, na Praça 8 de Maio e na Rua da Restauração.

O Enterro do Bacalhau conta com as parcerias da Sociedade Boa União Alhadense, do Grupo Instrução e Sport (GIS), do Grupo de Escoteiros n.º 207 de Buarcos e do Rancho Folclórico "Os Cavadores do Saltadouro" e com o apoio da Câmara Municipal da Figueira da Foz, da Junta de Freguesia de Buarcos e da PSP. 


SERÁ ISTO O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO ?

Amigas(os)

Um amigo meu retirou do facebook este texto a que achou piada o que eu corroboro.

"Tenho andado preocupado com esta situação do Bes/Ges e as acusações dos lesados de que desconheciam o que estavam a comprar. Ora bem, estive a ouvir com toda a atenção Ricardo Salgado, Zeinal Bava, Costa do BP , CMVM, etc, etc, e sinceramente fiquei esclarecido.

Fiquei a saber que houve uma take over sobre a PT, o que provocou um dawnsizing na empresa e impediu o advanced freight. Sendo assim, o asset allocation baseado num appraial report, que é o allotment indicado, provocou um average price muito baixo, reduzindo os back to back ao mínimo. Ora, o bid price provocou um dumping e uma floating rate incomportável com o funding previsto pelos supervisores. Deixou, pois de existir uma verdadeira hedge, o que levou ao levantamento de hard cash em grande quantidade. Se considerarmos que o ICVM , ao fim do período estava a deteriorar-se e os pay-out continuavam a baixar, a única solução seria o payabre to the bearer de eventuais incomes da empresa.

Voltando um pouco atrás, o pool entre Bes e Ges , fez diminuir drasticamente o portfólio dos clientes, levando inevitavelmente a um revolving credit que abrangeu a maioria dos shareholders de ambas as empresas. Como é evidente o pricecut da Rio Forte foi inevitável e a take over sobre a mesma também. O gross profit baixou significativamente, aumentando o grade period e o bank rate .

Só para terminar e em jeito de conclusão creio que estamos perante uma grande quantidade de fillhosdaputing, que utilizando a corrupting ao nível central e local, foram delapidanding os recursos do país e continuam em casa riding da situação, deslocando-se de vez em quanding à Assembleia, fazer de parving os deputados e o poving em geral. Tenho dito"