segunda-feira, 28 de junho de 2010

Naval de regresso ao trabalho

A Naval deu hoje o pontapé de saída para a época futebolística de 2010/2011 apresentando Victor Zvunka como treinador principal da equipa profissional, um novo modelo de gestão para o futebol (SAD) e foi anunciado um plantel com sete caras novas.

Hugo Machado (ex-Standard-Sumgayit), João Pedro (ex-Oliveirense), Romain Salin (ex -Tours), Godinho (ex-Oliveirense) Rogério Conceição (ex-Vila Nova Goiás) Jonathas (ex-EC Pelotas) e Orestes (ex-Hansa Rostock) são as caras novas do plantel.

Neste primeiro dia de trabalho apresentaram-se todos os jogadores, exceptuando Orestes e Fábio Júnior, cuja ausência foi justificada com pormenores de logística.

Aprigio Santos preconizou a Manutenção como principal objectivo mas sem rejeitar a hipóteses de se lutar por chegar o mais longe possível em todas as competições.

Pediu atenção e compreensão pela formação do clube pois considera que os jovens oriundos da formação têm de ser o suporte do futuro.

Victor Zvunka considerou a sua vinda para a Naval como experiência aliciante, num país em que o futebol é muito técnico e com outra cultura.

Sei os objectivos que se querem atingir, o 8º lugar da temporada passada não me mete medo, vamos lutar para fazer o melhor que podermos e para isso conto com o empenho e responsabilidade de todos.

Nova Época 2010/2011

Permanências
Jorge Batista, Bruno, Lupède, Daniel Cruz, Carlitos, Real, Gómis, Zé Mário, Davide, Godemèche, NKake, Alex Hauw, Kovacevic, Giuliano, Camora, Michel Simplício, Edvaldo, Tandia, Fábio Júnior, Márinho.

Entradas
Hugo Machado (Standard-Sumgayit), João Pedro (Oliveirense), Godinho (Oliveirense),
Romain Salin (Tours), Rogerio Conceição (V. Nova-GO), Jonathas EC Pelotas), Orestes (Hansa Rostock)

Saídas
Tiago Rannown, Baradji, Bourama Ouattará, Diego (Génova), Bellagra, Adriano, Bellashan, Peiser (Académica), Kerrouche.

3 comentários:

Marciano disse...

Zvunca? ai o Natal ali tão perto!

Anónimo disse...

O Marciano vocé é mesmo de outro planeta. Ainda o homem não iniciou o trabalho e você já o está a despedir.
Lagarto... lagarto

Marciano disse...

É que ainda me lembro do Chaló...quem o poderá despedir é o dono da Naval.
Eu limito-me a andar por aí pagando as minhas quotas.