terça-feira, 29 de outubro de 2013

Assembleia Geral da Naval sem contas mas com PER à vista


 
  Assembleia Geral da Naval foi convocada essencialmente para aprovação do Relatório e Contas de 2013, contudo, as contas acabaram por levar falta de comparência já que não apareceram.

 Falta de informação e passagem de dados contabilísticos pelos anteriores contabilistas aos actuais não permitiram a elaboração do Relatório e Contas, por outro lado o aparecimento (uma hora antes do inicio da Assembleia) de uma notificação de uma acção de pedido de insolvência acabou por fazer surgir uma nova proposta.

 A Mesa propôs à Assembleia que fosse votada a permissão para que a actual Comissão Directiva “possa se assim o entender” avançar para um Pedido Especial de Revitalização (PER)

 Esta proposta trouxe alguma discussão, já que um grupo de sócios entendia ser prematuro avançar para o PER sem conhecimento exacto da situação financeira do clube, outro entendia que o PER poderia ser a salvação do clube.

 A proposta da mesa foi aprovada com 16 votos a favor, seis contra e nove abstenções.
 

 
Outro dos problemas que suscitou alguma discussão refere-se ao desconhecimento da Comissão Directiva se o Génova liquidou (ou não) uma prestação de 260 mil euros mediante um acordo de pagamento que deveria ter ocorrido no dia 30 de Setembro.

 Este assunto refere-se ainda à transferência de Diego Ângelo da Naval para o Génova em que o clube italiano foi condenado a indemnizar a Naval 1º de maio em 560mil euros em duas tranches de 280 mil euros uma a pagar em 30 de Setembro e outra a pagar em 2 de Dezembro.

 Neste sentido foi aprovada uma proposta para que a Comissão Directiva da Naval peça informação ao TAS (Tribunal da FIFA) através da F P F para se saber se a verba em causa foi liquidada.

 Aprovado ainda um voto de reconhecimento à Camara Municipal pelas obras de Requalificação do Campo de Treinos e um voto de pesar pelos falecimentos de António Cavaco e Rui Alves.     


31 comentários:

Anónimo disse...

Tudo como dantes.

Anónimo disse...

Caros Navalistas
Deixo, de uma forma sucinta os prazos de um PER, Plano Especial de Revitalização, e como sabemos que não existe liquidez para o cumprimento de um sonhador PER, por parte do Clube, deixo à imaginação, e à contagem pelos dedos, para quando a data do fim..."O PER inicia-se por um acto voluntário do devedor, através da apresentação de um requerimento inicial, similar ao requerimento apresentado no âmbito do processo de insolvência.
Recebido o requerimento inicial, o juiz deve nomear de imediato, por despacho, administrador judicial provisório (AJP), acto esse publicado no portal Citius.
Com a publicação desse despacho no portal Citius inicia-se a contagem dos prazos relevantes do processo: prazo para a reclamação de créditos (20+5 dias); prazo para a elaboração da lista de credores pelo AJP (5 dias); prazo para a impugnação da lista de credores (5 dias úteis); prazo de 2 meses para as negociações; prazo de mais 1 mês para a conclusão das negociações - prazo prorrogado.
Ao longo do processo, o devedor deve apresentar aos seus credores um plano de negócios viável e credível que evidencie a capacidade do devedor de gerar fluxos de caixa necessários ao plano de reestruturação.
Estas negociações podem concluir-se com a aprovação de plano de recuperação conducente à revitalização do devedor (se recolher a aprovação de credores que representem, pelo menos, 66,7% do total dos créditos constantes da lista provisória), plano que, se homologado pelo tribunal, vinculará todos os credores, mesmo que não tenham participado nas negociações.
Se, pelo contrário, dentro do prazo previsto para as negociações, o devedor não lograr obter a aprovação de um Plano de Recuperação ou se o Plano aprovado não for homologado pelo Tribunal, o administrador judicial provisório deve, a final, emitir o seu parecer sobre se o devedor se encontra em situação de insolvência e, em caso afirmativo, requerer a insolvência do devedor, sendo esta declarada pelo juiz no prazo de três dias úteis" Viva à Naval 1893, o futuro da nossa Associação, passa pela constituição deste novo clube, conforme referido/apresentada como solução, na Assembleia, e o manifesto de apoio, foi brindado com palmas, o futuro passa pelas pessoas que hoje lutam diaramente e mantêm a chama da Naval, na formação de jovens deste concelho, .... equipamentos já temos !! depois na 1ª Assembleia, propomos uma proposta de louvor para o Sr João Almeida e restante comissão... Viva a Naval, Viva a Naval 1893, sempre a honrar a camisola que envergam !! Viva a formação

Anónimo disse...

Fazem assembleias, sem contas!!! Isso é ridículo!! Mas areia aos olhos!!!

LUIS SOARES disse...

Falta de comparencia ás contas? na minha naval já nada me admira tal como na minha figueira reparem num anuncio no diario de coimbra de hoje:
titúlo:interrupção no abastecimento de agua EM BUARCOS,
texto:os trabalhos decorrerão entre a estrada de mira e a estação dos correios.
Não sabia que a escola -3- Cristina Torres era em buarcos.
Onde isto chegou meu Deus

Anónimo disse...

Uma proposta de louvor a quem mais tem enterrado a Associaçao Naval 1 de Maio. Aquele que se vende por interesses para a Naval Futebol SAD. Aquele que nao gosta da formaçao. Aquele que nao deixa os miudos da formaçao receber tratamento medico no posto medico. Aquele que impede os miudos de tomar banho nos balneareos dos seniores. Aquele que leva as paletes de agua para casa e depois nega uma garrafa de agua aos miudos da formaçao. UM VOTO DE LOUVOR PARA QUEM?

JOAO CARLOS disse...

Ó rogerio explique lá para ver se eu entendo estão a falar de quÊ? da insolvencia da Naval sad ou da assossiação Naval 1º de maio.

MANUEL PEDRO disse...

Nuno Cardoso, antigo diretor desportivo da Naval 1.º de Maio e da Naval SAD?
Ó rogerio explique me lá que eu não estou a entender :
ele era empregado da sade ou da assossiação Naval 1º de Maio?A insolvÊncia de quÊ? da Naval 1º de maio ou da Naval sad?
Depois a assemembleia foi da assossiação Naval 1º de Maio ou da Naval sad? o diego angelo era empregado da assossiação ou da Naval sad? parece me que está aí uma grande confusão um abraço.

Anónimo disse...

Ontem fui um dos associados que esteve na Assembleia da Naval e confesso que no final tive de me beliscar várias vezes para ter a certeza de que não estava a sonhar.
O que aconteceu ontem foi um verdadeiro golpe digno das artes dos grandes mestres da Máfia.
Expliquem-me por favor como se pode pedir um PER se se desconhece a situação financeira da Naval.
Tanto quanto lá foi dito não existem contas apuradas, logo quem pode garantir que a colectividade esta insolvente? Só depois de o Relatório e Contas mostrar que o activo é maior que o passivo podemos chegar a essa conclusão.
Ontem mais uma vez essa personalidade negra do Chapéu mesmo sem estar presente conseguiu enganar os sócios e o que é mais lamentavel teve a conivência de alguém. Vamos ver daqui a uns dois meses o que isto vai dar e como é que algumas pessoas se deixaram enganar uma vez mais, atenção que eu digo algumas, porque houve outras que votaram conscientemente no golpe do PER e esses não deixarão de ser acusados pela destruição da nossa Querida Naval
FO

Anónimo disse...

meu amigo rogério diz me lá quem tem dividas a assossiação naval 1º de maio ou a naval sad.

Anónimo disse...

Tive atento à redação do anónimo das 09:19, e retrancrevendo o que já está mencionado "Ao longo do processo, o devedor deve apresentar aos seus credores um plano de negócios viável e credível que evidencie a capacidade do devedor de gerar fluxos de caixa necessários ao plano de reestruturação", perguntava de que forma esta Associação, e ao método de gestão no presente projetando o futuro, é possível gerar receita, sem qualquer tipo de apoio externo. Toda a gente sabe que as receitas mensais, é resultante do pagamento das mensalidades dos atletas da formação do futebol jovem, e o dinheiro chega ao clube enquanto Associação ??? pelo que é do conhecim,ento de toda a gente, tesoureiro não existe !!ou fica sobre gestão pessoal das pessoas que se encontram à frente da formação, e pela leitura, da mensagem desse anonimo das 09:19 parece que essas receitas já tem destino... para as despesas apresentadas pela conservatória...para registos de um novo clube?? se assim for continuem a entregar o dinheiro aos seus seccionistas, que entregara aos responsáveis da formação, pois sabemos o rumo desses valores no futuro muito próximo.Sempre a Naval, Viva a Naval

Rogério Neves disse...

Caro Luis Soares

Há coisas que não trazem mal ao mundo mas como dizia o meu avô tudo no seu sitio.
O Luis está a ser injusto no seu comentário (critica) com o Diário de Coimbra por este orgão ter noticiado que a interrupção do fornecimento de água (Hoje) é em Buarcos.
Caro amigo leu mal porque a notícia diz que o corte de fornecimento "é na Freguesia de Buarcos mais precisamente..."
Julgo que a noticia está correcta ou já esqueceu que a Freguesia de S Julião foi extinta pelo Governo e foi agregada pela Freguesia de Buarcos?
Sabe que se a interrupção fosse feita na Praça Nova também seria na FReguesia de Buarcos.
Pois é...

Rogério Neves disse...

Caros amigos, nomeadamente os comentadores das 14:52 (João Carlos) e Manuel Pedro (15:12) e Anonimo das 17:28

Quanto a algumas questões levantadas por vós vou tentar responder para que todos possam compreender a situação:

1 - O processo de insolvência que se está a discutir é referente à Associação Naval 1º de Maio.

2 O Diego Angelo foi jogador da Naval 1º de Maio pois na altura em que representou a Naval não existia SAD logo quem faz a transferência do jogador para o Génova é a Naval 1º de Maio e não a Naval Futebol SADque nessa data não existia.

3 O Nuno Cardoso foi admitido como Diector Desportivo da Naval 1º de maio em 2007, só passando para a SAD em 2010 quando esta foi fundada. O Processo de divida existente com o Nuno Cardoso foi julgado em Tribunal, todavia, como nem a Naval 1º de Maio nem a Naval SAD contestaram o processo no tribunal ou apareceram no julgamento as duas (Naval 1º de Maio e Naval SAD foram sentenciadas em pagar-lhe o montante do processo.
Mesmo assim nenhuma das instituições pagou aquilo que o Tribunal sentenciou e quando o Nuno Cardoso soube do processo do Génova foi falar com o Senhor Aprigio Santos para saber se do dinheiro que a Naval ia receber do Génova algum dele seria para lhe pagar. O Senhor Aprigio disse ao Senhor NUno Cardoso que aquele dinheiro era dele (Aprigio) e que ia para a conta dele (Aprigio).
A partir desse momento o Nuno Cardoso para salvar o seu crédito, - se o dinheiro fosse ou foi para a conta do Senhor Aprigio a Naval continuava sem fundos para pagar a dívida - logo o NUno Cardoso pediu a insolvência da Naval no intuito de tentar que o dinheiro do Génova ficasse á responsabilidade de um Administrador Judicial e não á mercê do senhor Aprigio.
Convem esclarecer que esta acção de insolvência foi interposta há cerca de um mês só que a Naval nunca levantou as cartas da notificação o que levou o Nuno Cardoso ontem à Naval acompanhado por um advogado e com um parecer da JUiza e procedesse à notificação do clube. Foi por isto que a notificação surgiu ontem mas a Naval tinha conhecimento da sua existência há um mês só que se recusou a levantar as cartas.
É bom que se diga que a Comissão Directiva não tinha conhecimento de nada disto porque tudo é tratado pelo Senhor Aprigio.
Como nota final tudo isto que eu acabei de escrever foi relatado ontem na Assembleia Geral pelo proprio NUno Cardoso que quis justificar à Assembleia o porquê da acção de insolvência.

LUIS SOARES disse...

Caro amigo rogério 1ºeu nao critiquei o diario de coimbra o amigo percebeu mal.
2º o sr defende a sua dama faz muito bem mas a noticia nao diz freguesia de buarcos a noticia diz buarcos por favor leia bem repito em lado nenhum na noticia se lê freguesia de buarcos mas sim buarcos .
Nunca em tempo algum foi minha intenção beliscar o orgão de informação -diario de coimbra-mas se assim o entendeu aqui fica o meu pedido de desculpa.
Um grande abraço.

SAN SIRO disse...

Nuno cardoso trabalhou tem que receber no entanto nao se livra de pertencer ao grupo dos coveiros que enterraram 120 anos de historia da figueira da foz emporcalhando o nome na NAVAL 1º DE MAIO.

Rogério Neves disse...

Caro Luis Soares

Se calhar estamos a fazer um cavalo de batalha por uma coisa que não vale nada. A não ser que estejamos a ler noticias diferentes. Hoje terça-feira dia 29 de Outubro no Diário Coimbra página 13 vem uma noticia com titulo "Corte abastecimento de água" e nessa notícia diz " interrupção do abastecimento de água, no período compreendido entre as 23h00 de hoje e as 06:00 de amanhã, na Freguesia de Buarcos, mais precisamente na Estrada de Mira entre a Rua da Azenha e a Estação dos Correios." citei
Pela minha parte assunto encerrado caro amigo acho que não vale a pena perdermos tempo com isto.

Anónimo disse...

A identificação da Associação Naval 1º Maio, enquanto Associação terminou naquele dia em que perdeu o seu grande património "A Sede" de que todos os Navalistas orgulhavam-se ...depois foi o mundo do interesse da Construção Civil vs Futebol, com o total apoio camarário, para que um tal senhor podesse dirigir o destino do clube, até aos próximos meses...o fim desta Associação, levou ao fim do Basket, perdeu um Atleta de alta competição, que por este mundo fora levou a Bandeira bem alta da nossa Associação, o Sr João Costa. é certo que levou o Clube à elite do Futebol Português, com o apoio de uma Instituição Bancária, e na qual todos os portugueses hoje tem mais fatura mensal para pagar. Permitiu, e ajudou com que a gestão das diversas modalidades que hoje ainda sobrevivem, fosse e seja um parque de interesses, como um quintal, em que cada tenha um feitor, é no Remo, é na Formação de Futebol, e deixo à parte o Rugby, porque é uma modalidade recente, gerida por pessoas honestas, e que hoje devem estar muito arrependidas ... pois são tratadas como "os indesejados" porque ocupam espaço do campo municipal para treinarem, tirando a oportunidade de um conjunto de amigos poderem andar a divertirem -se á bola, todas as sextas feiras à noite, mas como tudo é uma anarquia.. todos os municipes tem que a pagar a luz, e água que estes grupo de amigos gastam, pois os contadores estão em nome da CMFF. Infelizmente o destino desta Associação está traçada, todos culpados, todos isentos, mas milagres não existem nos dias de hoje, sugiro que seja marcada o mais urgentemente uma nova Assembleia, para saber o que foi ou será feito nos próximos 30 dias, e serem os sócios a determinarem o fim da Associação, tal e qual como foram eles a criar, viva a Naval, viva os grandes Navalistas, fora com todos os oportunistas.Saudações Navalistas

Anónimo disse...

Fazendo as contas do anónimo das 09:19, temos 130 dias, mais os tais 10 dias, temos o somatório final de 140 dias, sendo assim não é preciso muito para fazer este relatório de contas de prazos !!!ihih, será que é preciso chamar um gabinete de contabilidade

Anónimo disse...

Amigos Navalistas,
Sou mais um que apoia incondicionalmente a criação de uma nova NAVAL, ou melhor, da nova ASSOCIAÇÃO NAVAL 1º DE MAIO 1893, mantendo assim a mesma identidade a mesma imagem, as mesmas instalações e realçando assim a data da criação da verdadeira NAVAL, e assim passar a ser uma NAVAL:
- LIMPA
- SÉRIA
- CREDIVEL
- COM FUTURO
- PARA E DOS FIGUEIRENSES.

Também concordo com o anónimo das "09:19", quando refere que se deveria propor um louvor ao Sr. João de Almeida e restante "Comissão Diretiva", só que ele não refere qual o tipo de louvor, mas eu deixo aqui uma sugestão:
"EXPULSÃO DE ALGUNS DESSES SRS. DE SÓCIOS E IMPEDIMENTO IMEDIATO DE ENTRAR NAS INSTALAÇÕES DA NAVAL".

Isto é o mínimo que esses senhores merecem por terem colocado esta instituição centenária na situação em que se encontra atualmente.

FIM Á SAD E TODOS PARA A RUA!...

VIVA A ASSOCIAÇÃO NAVAL 1º DE MAIO (1893).
É chegada a hora de todos nós Navalistas avançarmos.

LUIS SOARES disse...

Caro rogerio nunca me caíram os parentes na lama por pedir desculpa vem isto a proposito de lhe apresentar a si e ao diario de coimbra as minhas desculpas já que a noticia tal como a citei vem no jornal as beiras e nao no diario de coimbra.
Nao concordo consigo quando diz que é uma coisa que não vale nada já que conhecendo-o como o conheço amante da sua Figueira creio que a noticia assim doi-lhe como me doeu a mim .
Um hiper abraço.

Anónimo disse...

anónimo das 00:17, isso já é discurso de candidato a uma direção, de uma lista já feita à muito, mas que ainda não está aprovada em Assembleia !! mas não esqueçam, têm que pagar as quotas para votar !! limpa, claro, quem começa do zero, não têm dividas !! vão ainda fazendo enquanto estão à frente da formação, com uns bons trocos nos bolsos, porque nada entregam ao Clube, e vão deixando dividas na AFC, e por alguns clubes, por aonde andaram !!Séria nem de nome, Credível e Competente, tem se visto no despedimento de treinadores, e na capacidade de os ter no banco, legitimados para o efeito !!! nem estarmos na AFC, através de sombras de outros, resolve tudo !!com futuro, até os vossos filhos sairem !!! para os figueirenses, com as instalações de todos os figueirenses, dá mesmo vontade de rir !! quanto á proibição, estas instalações são da Câmara, mas temos erros, pode ser que esteja para breve a limpeza de balneário, quem sabe o 1º PER "Plano Encatador Retirada" de traidores

Anónimo disse...

Amigo Navalista, vamos avançar de imediato com essa pretensão juntos e com os grandes navalistas venceremos !! Rua com todos que prejudicaram o Clube, antes de eles sairem pela porta dos fundos. Têm que se avançar de imediato com a renovação do protocolo de utilização do campo e das instalações lá de cima, de imediato !! Viva a naval 1893

Anónimo disse...

è verdade, se já têm tudo, porque é que não avançam já com a constituição do Clube ??? ah já sei, devem haver muitos candidatos para tesoureiro, ainda se chegaram á frente com rebuçados !!! francamente, falta muito coisa no sitio, para darem a cara !!

Anónimo disse...

Anónimos ou anónimas das 11:41 e 12:50
Será que nem diante da desgraça que vocês têm diante dos olhos pensam um bocadinho na dignidade da Associação Naval 1º de Maio no seu percurso histórico e ainda vêm aqui provocar aqueles que na sua boa intenção tudo estão a fazer para ver se conseguem salvar a Naval da vergonha porque está a passar.
FO

Anónimo disse...

A CMFF têm que urgentemente efectuar mais campos sinteticos, e meter muita água, pois com a relva muitos voluntários e cheios de ideias, senhores aparecem, devem ter caido do 3º anel da rede. Aonde é que estavam´`a 10 anos atrás, nas tribunas nos jogos grandes da I Liga,ou nos lanches depois dos jogos. Ajudem a salvar a verdadeira Naval, Associação Naval 1º Maio

Anónimo disse...

A Naval é grande, e sempre será

SAN SIRO disse...

EU SÓ PERGUNTO UMA COISA ONDE ESTÃO OS VIPES QUE NA 1ª LIGA SE PAVONEAVAM NA TRIBUNA?
ONDE ESTÃO OS CAGALHÕES ENGRAVATADOS COM SORRISO PARA OS JORNAIS E A TV?
POIS DESAPARECERAM A TÊTA SECOU JÁ NÃO HÁ MAIS NADA PARA MAMAR.

Anónimo disse...

Exmo. Sr. membro da Comissão Diretiva da Associação Naval 1º de Maio e também membro da SAD, e ainda "ANÓNIMO DAS 11:41", dirijo-me ao Sr. assim, porque o seu comentário não deixa qualquer dúvida em relação á sua posição na Naval atual, mas para que não restem dúvidas deixe que lhe diga o seguinte:
1º - NÃO SOU CANDIDATO A NADA, mas estarei disponível para colaborar numa nova Naval caso seja necessário;
2º - LIMPA, não é só quando se começa do zero, mas também no futuro desde que seja gerida por pessoas certas e que não gastem 10 quando só se tem 5 e assim honrem os seus compromissos, O QUE NÃO FOI O SEU CASO;
3º - DINHEIRO DA FORMAÇÃO, se fica na Formação, fica muito bem, ou o Sr. também o queria para destruir e/ou governar-se com ele?...;
4º - COMPETÊNCIA, aqui fala-se em competência de gerir um clube FINANCEIRAMENTE e não Desportivamente, porque que eu saiba nunca nenhum clube foi considerado INSOLVENTE por despedir um Treinador ou por não estar credenciado no banco (de suplentes);
5º - AFC E FUTURO, em relação á AFC nada tenho a haver com essa entidade nem faço tenção de ter, em relação ao FUTURO/FILHOS, quando se faz parte de um clube como diretor ou colaborador, é para SERVIR o clube e não para SE SERVIR dele (deve ser o seu caso), independentemente de ter lá filhos ou não;
6º - PARA E DOS FIGUEIRENSES, sim por que qualquer clube deve funcionar de dentro para fora e aberto a toda a comunidade onde está inserido e exatamente nas instalações de todos os Figueirenses, ao contrário do que acontece agora, que parece que as instalações são só de uma pessoa!...;
7º - "... mas temos erros ...", claramente o assumir de quem fez o comentário e não reconhecer a "PORCALHADA" que fez na Naval;
8º - LIMPEZA DE BALNEÁRIO/TRAIDORES, é o que deve ser feito e dito em relação a todos os "APRIGIANOS" que ainda circulam pela Naval;
9º - Para terminar, venho só referir que claramente meteu-se com a pessoa errada, ou seja, o "Anónimo das 00:17", que aqui lhe está a responder pela primeira e última vez, como acho que merece.

VIVA A NAVAL (1893).

Anónimo disse...

se querem avancar estao espera sera que estao ja trabalhar para isso ou e bluff so ondas onde fazem essa assembleia como comecam a ideia e boa mas nao pode passar de conversa tem-se de avancar com reunioes e com coisas serias nao se pode brincar com esta situacao a ideia e boa ficar com o nome da naval 1893 comecar tudo de novo nao se pode deixar ao ultimo dia a espera que tudo acabe se querem ajuda ou apoio eu sou dos que estou pronto a ajudar joaquim-espada

Anónimo disse...

Para além da salvação de uma instituição Centenária as pessoas agora também iam ter o trabalho de montar ratoeiras, esqueçam !!! os valores que indentificam esta Instituição sobrepoem se as vozes ... que não chegam ao céu. Associação Naval 1º Maio, sempre será apenas uma, tudo que for feito será sempre uma vulgar tentativa de imitação, com tentativas de aproveitamento do presente, a história constroi-se, e não existe nenhuma relação de bens, porque não vai haver herança, porque a Naval ainda não morreu, como muitos o desejam, que se dizem Navalistas, e que anciosamente esperam o funeral, para tirar dai o seu aproveitamento.

Anónimo disse...

Ó anónimo das 11.41 h, como se vê que recentemente tiveste uma ligeira passagem pela Grande Naval!!! Deves ser aquele que deixou em 2012 a divida nos Transportes Moisés!!! também depositaste estes 2 cheques na tua conta da CAM de Arazede ou na do Millennium BCP??? Tenham vergonha, desse lado é que estão bem mas a mama tambem não vai durar muito tempo, o Maurício já está a alerta, já percebeu que vocês Todos não prestam!!!

Anónimo disse...

...e a falsificaçao das assinaturas??