sexta-feira, 22 de abril de 2016

DÍVIDA DA CÂMARA DA FIGUEIRA DA FOZ DIMINUIU 5,5 MILHÕES EM 2015


O executivo municipal da Figueira da Foz reduziu, em 2015, a dívida da câmara em 5,5 milhões. Por outro lado, a autarquia “não tem pagamentos em atraso e continua a pagar aos fornecedores em menos de 30 dias”.
De resto, o relatório de conta de 2015 foi aprovado sem votos contra. A redução do débito insere-se no cumprimento do Plano de Saneamento Financeiro, que entrou em vigor em 2011, prolongando-se até 2021.
O gabinete da presidência da câmara realça, também, através de nota de imprensa, o “elevado nível de execução orçamental, com 79 por cento nas despesas e 94 por cento nas receitas.
A poupança de cerca de 600 mil euros nos encargos com juros, resultante da renegociação da dívida com a banca, a manutenção de um prazo médio de pagamento a fornecedores inferior a 30 dias e a inexistência de pagamentos em atraso merecem igualmente destaque.

 Fonte: Diário as Beiras

A TODO O VAPOR: Qualquer pessoa de bom senso perante números tão precisos tem de concordar que financeiramente o executivo autárquico figueirense está de parabéns e a fazer um bom trabalho. Contudo a meu ver o executivo camarário não pode viver à sombra da redução do deficit e terá que ter olhos para uma cidade que parece só existir nas proximidades do Forte de Santa Catarina e que ultimamente se tem degradado a olhos vistos.

Sem comentários: