quinta-feira, 16 de março de 2017

IERAX GATE


O critério continua sempre o mesmo: “construção, expansão urbana e menos zonas verdes”.
Esta urbanização da IERAX, é disso grande exemplo. Não dignifica nada Tavarede. Não tem espaços verdes e nem estacionamento para os moradores. Os prédios têm cérceas diferentes...
Enfim, uma urbanização digna do melhor do construido nos grandes anos do "pato bravismo"!
Portanto, a revisão do PDM, que há-de ir a discussão pública, devia deixar os terrenos da fábrica unicamente para uso colectivo: equipamentos desportivos, espaços verdes e estacionamentos...
Lembram-se das permutas de terrenos no mandato do Eng. Duarte Silva com os terrenos da fábrica?
Por este andar, qualquer dia não existe nem fabrica, nem trabalhadores!
Tavarede, é uma vila Socialista desde o 25 Abril!
Que terá o executivo da Junta a dizer sobre isto? E os Tavaredenses?
Já agora: quem é o dono do solos?
Nota de rodapé.
Para perceber melhor toda esta questão, clicar aquiaquiaqui, e aqui.

Sem comentários: