quarta-feira, 26 de abril de 2017

AZENHA GOMES " O SENHOR COLECTIVIDADES" PERPECTUADO NA TOPONÍMIA FIGUEIRENSE

Foi descerrada ontem a placa toponímica da rua António Azenha Gomes, na antiga rua das Matas, em Caceira de Cima, na freguesia das Alhadas, terra natal do “Senhor coletividades”, onde residia.

 O homenageado faleceu, aos 67 anos, em maio de 2014, vítima de doença prolongada. A cerimónia contou com a participação de vereadores da maioria socialista e da oposição social-democrata, deputados municipais, representantes de dezenas de associações do concelho, políticos e populares.

Azenha Gomes era “um homem bom”. Foi o que todos aqueles que usaram da palavra disseram, definição que colhe unanimidade junto daqueles que o conheceram.

Os que se juntaram à homenagem, e foram muitos, enfatizou João Ataíde, presidente da Câmara da Figueira da Foz, estavam ali numa “presença sentida e justa”.

Fonte Diário as Beiras

Sem comentários: