domingo, 9 de abril de 2017

MORREU UM HOMEM DO CIRCO QUE ME FEZ CHORAR DE TANTO RIR


Tomei conhecimento há minutos do falecimento de Carlos Carvalho, o Grande Palhaço, CARLITOS.

Bem sei e comungo da ideia que o Circo é o maior espectáculo do Mundo.  Mas também sei que se eu gosto tanto de circo devo-o a este homem que conheci quando era miúdo e vinha todos os anos à Figueira da Foz integrando o Circo Luftman que actuava nos terrenos onde hoje está implantado o Palácio da Justiça.

Há meia dúzia de anos reencontrei-o era empresário de uma companhia que estava na Figueira da Foz (se não estou em erro) nos terrenos do Ginásio Figueirense. Conversámos e disse-lhe exactamente  que o meu amor pelo circo se devia a ele e a conversa foi tão fluente que estivemos para aí uma hora a falar de circos e dessa arte que tão mal tratada tem sido pelo poder.

Hoje Carlitos partiu para a ultima viagem e uma vez mais relembrei os meus tempos  de criança e do grande profissional que muitas vezes me fez chegar as lágrimas aos olhos de tanto me rir.

A toda a família enlutada e ao próprio circo as minhas sentidas condolências

Ao Carlitos esteja ele onde estiver que continue a fazer rir tanto…tanto… como me fez rir a mim nos meus tempos de criança.

Sem comentários: