quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

IMPRECISÕES ESQUISITAS


A TODO O VAPOR: 

1.1.3 - RESOLUÇÃO DO CONTRATO DE CEDÊNCIA DE UTILIZAÇÃO CELEBRADO COM A NAVAL SAD – APROVAR EM MINUTA

Segundo o ponto 1.1.3 da Agenda da reunião Camararia a resolução do Contrato de cedência de utilização do Municipal figueirense não foi feita entre a Camara Municipal e a Naval 1º de Maio mas sim entre a Camara Municipal e a Naval SAD.
Sempre ouvi dizer que não se deve confundir Traveira pai com Traveira filho e mais uma vez até pelas palavras do Senhor Vereador ao afirmar que "a medida peca por tardia" o que não deixa de ter razão, agora dizer  "ser vergonhoso" o estado em que a Naval deixou chegar o estádio parece-me que neste aspecto o Senhor Vereador deveria ser mais preciso na atribuição de responsabilidades.


6 comentários:

Anónimo disse...

Rogério,entendo perfeitamente a tua colocação.
Mas tenho de perguntar: onde estão os associados da Associação Naval 1' de Maio?
Contínuas remando contra a maré é quase sozinho.
Entendo também o vereador se referir a Naval e não Naval SAD, quando falamos,ouvimos ou lemos Benfica, Porto, Sporting, Braga, etc, ninguém fala xxxxxxSAD! Certo?
Já nos contratos a coisa chia mais fino e na prática acaba o Traveira filho usar as calças do pai.
Abraço

Anónimo disse...

O comunista social democrata Babo no seu melhor

Anónimo disse...

Mas se a Associação Naval 1º de Maio já não tem futebol para que é que queria o estádio?

Rogério Neves disse...

Caro Anónimo das 13:13, uma boa pergunta "onde estão os associados da Associação Naval 1' de Maio?" Infelizmente são os maiores responsaveis pelo desaparecimento da Associação Naval 1º de maio ao permitirem todas as atrocidades que contra ela foram cometidas.
Talvez um dia se escreva a história das ultimas décadas de clube e de todas as maldades que a Naval 1º de Maio foi vitima e continua a ser. No momento de renascer um novo clube que tem nos seus objectivos recuperar o lugar que por direito proprio deveria pertencer à Naval não é com certeza este o melhor momento.
Penso que os antigos sócios da Naval 1º de Maio podem ter um papel importante no nascimento da Naval 1893 filiando-se como sócios.

Anónimo disse...

A Naval 1893 vem ressurgir o bom nome do clube . Há situações do passado que se querem resolvidas a fim de não começarmos mal com o novo clube . Há pessoas na secção de remo , interessadas em que o futebol não vingue e têm feito de tudo para boicotar o bom funcionamento da secção de futebol .
A associação naval 1º de maio , não existe como clube à muitos anos , o dinheiro do presidente Aprigio é que movia o clube , os sócios para ele eram zero e a sua sucessora , só la esteve para faturar , vendeu a carrinha ao Remo e estava a negociar o ginásio do clube para a mesma secção , já levou tudo o que conseguiu , enquanto não recebia a ordem de despejo .

Anónimo disse...

Onde estao os socios? Boa pergunta!
E os dirigentes ex.SAD?
Ainda nao existia SAD, aquando do incendio, e os dirigentes e socios presentes na sede nao conseguiram salvar quase nada. Ja o vizinho, Tinoco, salvou quase tudo.
So para exemplificar a "calmaria" reinante nessas hostes.
Abraço