terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

COMENTADORES DE BANCADA...EPISÓDIO XIV

23 comentários:

Anónimo disse...

Este foi sem dúvida o melhor episódio de sempre- Acção, entretenimento e muita revelação -só faltava a presença do Grande Rogério Neves -Para este programa ter ainda mais brilho- Parabéns Rapaziada muito bom- abraço todos

Anónimo disse...

Curioso, quando o António Lebre aparece, o Rogério não aparece devem estar de costas voltadas, esperemos que façam as pazes são muito dinamicos e interativos juntos

Anónimo disse...

imperdivel, Fátima Trigo a exterminadora implacável de alqueidanenses.

Anónimo disse...

Um ex-jogador do Sporting, o regresso do Sir António Lebre, isto foi um grande programa, até o azedo saiu da ponta, upa upa

Anónimo disse...

Muito boa tarde faz bem de vez em quando abanar as pessoas sim senhor grande programa assim sim vamos longe postura serenidade e honestidade parabéns ao Foz Ao Minuto.
Fui dos que criticou o Gonçalo hoje estou aqui para o felicitar pareceu outro assim sim miúdo queres um concelho?Acolhe todas as criticas de cabeça erguida e tira delas o melhor proveito.
Apenas uma pergunta será que a falta de cabelo tem influência na memória das pessoas? creio que não pois eu sou careca e tenho boa memória.
Queria lembrar ao comentador que se admirou muito do Sporting ter marcado aos 99 minutos,que o Benfica também marcou o golo do empate com o belenenses aos 97 minutos.
Cumprimentos.

Aproveito para desejar á Naval 1893 a melhor sorte no resto do campeonato e que consiga atingir os objectivos pretendidos.

Anónimo disse...

Este programa tem os dias contados,uma semana ou duas e desistem

Anónimo disse...

Programa excelente bem conduzido com um painel apreciável e competente.
Na vertente técnica um som muito bem equilibrado muito acima da concorrência isto comparando com um programa que ouvi na rádio local de seu nome entre ventos e marés onde para além da fraca qualidade dos moderadores parecia que uns estavam a falar cá em cima e outros no fundo de um poço.
Parabéns a todos aqueles que de uma maneira ou de outra sustentam esta demonstração de vitalidade e competência que é a foz ao minuto.

Rogério Neves disse...

Caros Amigos e comentador das 23:51.
A minha ausência do programa da última segunda-feira deve-se exclusivamente a indisponibilidade por motivos pessoais inadiáveis. Entre a minha pessoa e o António Lebre existe uma grande amizade cimentada por trabalhos conjuntos feitos ao longo de muitos anos.
Se não houver indisponibilidade com toda a certeza que na próxima segunda-feira o Rogério Neves e o António Lebre estarão lá no Comentadores de Bancada.

Anónimo disse...

Vim aqui de forma anónima lançar um repto que considero importante,
sei por entre portas e travessas que está a ser feita uma conspiração para terminar com esse programa.

Estejam atentos amigos, porque no próximo episódio vão tentar calar os comentadores de bancada durante o programa, quem avisa vosso amigo é.

Mexeram com algumas vacas sagradas da cidade, e o monopólio da informação tem um valor importante para certos lobbys, tornaram-se alvo abater.

Com este comentário, de forma anónima, lanço um alerta, atenção ao próximo episódio, o bicho vai pegar.

Anónimo disse...

Também acho que o programa é bom mas um pouco mais de imparcialidade não ficaria nada mal.
Nestes lugares fica bem despir a camisola creio que os comentadores não estão aqui em representação dos clubes nem estão aqui para defender algum clube os comentadores penso que devem estar apenas para comentar nada mais.
Creio que daria mais verdade ao programa no entanto devem continuar a cidade precisa de de espaços como este.
Parabéns a todos.

Anónimo disse...

Grande programa e com excelentes notícias para o desporto figueirense , o município atribuiu 385 mil euros para a recuperação do estádio municipal e do campo de treinos . Espeto que a política desportiva deste município mude e se aproxime do que se faz em Condeixa , Cantanhede ou Soure e que acabem com as taxas cobradas aos clubes para treinarem e jogarem . Quando vemos todos os fins de semana , clubes a jogarem na nossa cidade apoiados pelos seus municípios e juntas de freguesia , quer nos transportes quer no material de treino ( equipamentos e bolas ) aqui temos duas juntas de Tavarede e Buarcos/ S. Julião que são autistas ou fazem de conta que o desporto não existe . Apoiem os jovens e ajudem os clubes a crescer , o Carnaval já passou .......

Anónimo disse...

Meu amigo das 21.13 realmente comparar este programa com aquela xaxada dos ventos e das marés é comparar um pastel de nata com um pastel de bacalhau.
Se não vejamos:
O comentadores de bancada é um programa com pés e cabeça.
O ventos é marés é uma salada de perguntas e respostas.
O comentadores de bancada é moderado por gente capaz e com provas dadas.
O ventos e marés é moderado pela incompetência.
O som dos comentadores de bancada está todo ao mesmo nível.
O som do ventos e marés uns estão mais altos outros estão mais baixos.
Para alem disso:
A foz ao minuto é um espaço com qualidade que está a crescer.
A rádio está a definhar até as antenas que estavam em brenha definharam pois estavam numa torre que devia ter mais de 40 metros e estão agora num ferro a cerca de 3 metros do chão.
Por fim:
O Foz ao minuto é um espaço amador.
A Rádio é uma empresa privada.~
Tenho dito.

Anónimo disse...

Gosto muito do programa e de todos em geral mas gostava que falassem mais dos outros clubes da primeira liga, e que falassem de termos técnicos e decisões tatitas

Anónimo disse...

Caro Rogério tenho uma dúvida:
Os comentadores e o moderador estão em representação dos clubes ou não?
Se estão em representação dos clubes tudo bem nada a apontar.
Se não estão o caso muda de figura já que me parece gritante a imparcialidade e é por demais evidente a tendência clubística. Os comentadores devem apenas relatar os factos com rigor e exactidão e interpretá-los com honestidade e imparcialmente sem menosprezar ou ridicularizar as pessoas envolvidas no comentário já que não estando presentes não se podem defender.
É claro que alcançar a imparcialidade plenamente é impossível, mas isso não deve servir como desculpa para que ela não seja atingida.
É preciso que seja sustentada a credibilidade, a imparcialidade, a honestidade, a objetividade e a coerência para que a reputação do programa não seja abalada.
Esta é apenas a minha simples opinião como visitante e apreciador do programa que vale o que vale e não pretendo de maneira alguma amputar uma das mais elementares conquistas de Abril que foi a liberdade de expressão pretendo apenas usar o direito que me assiste de fazer uma critica no sentido positivo e construtivo na condição de apreciador do Foz ao Minuto.
Quero no entanto felicitar todos os colaboradores deste projecto que me parece de muito bom nível e com futuro para a região.
Também não admira sob a batuta de António Lebre e Rogério Neves tem tudo para atingir os patamares do sucesso.
Quanto ao comentário das 22.16 proponho-o já ao prémio Nobel da asneira.
Saudações amigas.


Rogério Neves disse...

Caro Anónimo das 21:47

Como comentadores, O Carlos Nunes está como afecto ao Sporting, O Gonçalo está como afecto à Naval 1893. O António Lebre em principio representava o Benfica mas desde que começou a moderar não representa nenhum clube. Eu fui convidado como jornalista a comentar sem ligação a nenhum clube. De vez em quando ou melhor quando tem disponibilidade o Carlos Pinto representa o Benfica
Espero que este esclarecimento tenha dissipado as suas dúvidas

Anónimo disse...

Esse programa é bom quando, o resto é conversa da treta, são o único podcasting de TV no distrito de Coimbra, Cova-Gala na vanguarda da tecnologia informativa

Anónimo disse...

Caro Rogério queira desculpar mas não dissipou nada.
Antes pelo contrário.
Quanto ao António Lebre como moderador se não representa o Benfica disfarça muito mal pois por vezes é por demais evidente a sua tendência Clubística.
Quanto a si é moderado faz uso da postura que o tem dignificado ao longo dos anos sempre com subtileza no que diz.
Quanto ao comentador Gonçalo se representa a Naval como pode falar e criticar sem hipótese de defesa dos presidentes de outros clubes da 1ª liga estando a kilómetros de distância falando apenas pelo que lê na internet ou nalguns jornais cuja credibilidade ás vezes deixa muito a desejar?
Quanto ao Carlos Nunes se representa o Sporting está no seu direito de criticar ou elogiar o seu Clube nada a dizer.
No entanto renovo as minhas felicitações pela programa muito bom votos de que consigam limar algumas arestas compreensíveis.
Têm um painel excelente que envergonha empresas de comunicação que tinham obrigação de fazer melhor.
Não desistam para bem do desporto regional e não só.
Aceite este comentário como opinião construtiva na certeza de que serei um fiel admirador do Foz ao Minuto.
Saudações amigas.

P.S.
Ao comentador das 12.52 essa das antenas que estavam a 40 metros e agora só estarem a trez é compreensível estamos em tempo de austeridade também é preciso poupar nas alturas.
Ou então é um problema de saúde é muito possível que as antenas estivessem com um sintoma vertiginoso daí o terem vindo cá para baixo a concelho médico, há ainda outra hipótese é terem vindo cá abaixo só para cortar o cabelo não tarda estão lá em cima outra vez.


Anónimo disse...

Que importa onde estavam ou estão as Antenas da Rádio Falida Foz do Mondego?
Esta postagem é acerca do Comentadores de Bancada, não comparem a Foz ao Minuto (órgão regularizado e sem dívidas) à Rádio Falida Foz do Mondego (Que deve a meia Figueira) e só serve para o senhor Nogueira sacar dinheiro para si.

Anónimo disse...

Parabéns, bom programa, em evolução desde os tempos da São Pedro TV, órgão de comunicação social que foi uma importante revolução da informação no sul do Mondego, e que gostaria um dia que alguém viesse a público explicar porque terminou, e porque um dos jovens está hoje na Foz ao Minuto, e o outro anda a lamber botas na rádio e Figueira TV.

Anónimo disse...

Vou contar uma história a todos que comentam neste espaço.

Título: Era uma vez um Hipólito

Era uma vez um rapaz chamado Hipólito, o Hipólito era um tipo amargurado e sem amigos,com problemas de auto-estima, um dia o Hipólito, começou a trabalhar, era foto-jornalista, o Hipólito tinha um tio que o ajudou a ser alguém na vida, abrindo portas com o rabo, então o Hipólito tornou-se um excelente profissional numa área onde não havia semelhantes.

Noutro dia, outro rapaz começou a tirar fotografias, no dia seguinte mais outro, e na semana seguinte mais outro, e rapidamente a cidade de Hipólito tinha mais gente a viver da fotografia, então o Hipólito, criou umas contas falsas nas redes sociais (para dar gostos à sua página e prejudicar outros) e começou a tecer o seu ódio destilado, o Hipólito, passou a criticar tudo e todos, tanto fotógrafos, como jornalistas, como políticos, especialmente se forem jovens, como qualquer pessoa feliz com a vida na área onde trabalha.

Então o Hipólito começou a ir a um blog fazer ataques a um rapaz do PS da sua cidade, para o tentar afectar e incomodar.

Noutro dia o Hipólito, juntou-se ao Zé Barbeiro e ao Ciclope Aziado e tentaram começar uma campanha para denegrir quem lhes incomodava, tentaram de todas as maneiras, através de ataques baixos, de denúncias, de difamação e descredibilização e de outras estratégias diversas.

O Hipólito também odiava muito dois fotógrafos da sua cidade, que tinham mais sucesso do que ele, então decidiu criar contas falsas de Facebook para lhes baixar a nota na sua página de Facebook.

O Hipólito era imparável, na sombra, e com as pessoas certa, o Hipólito é um verdadeiro Rei do Reenie, planta um pinheiro aqui, toca uma campainha ali, faz-se de vítima, e espalha o veneno.

Um dia o Hipólito vai ler esta história, aqui neste blog, e nesse dia, vai saber que nem todos são burros, e na Figueira da Foz, o Hipólito não engana ninguém, ou então nada disto faz sentido, e eu apenas sou o Hipólito a escrever uma "estória" para outro hipólito ler.

Agora o Hipólito vai dormir, que amanhã é outro dia

Anónimo disse...

Boas notícias : das quatro equipas da Naval que tentam subir de divisão , os iniciados já seguem na liderança , os juvenis também estão à frente e os juniores estão em 3º lugar a 2 pontos do 1º , já os seniores seguem em 1º na tentativa de subir de divisão . O que nesta terrinha de intriguistas é difícil , numa cidade sem rumo , a Naval faz milagres , vamos lutar até fim e tentar subir as 4 equipas .

Anónimo disse...

Brilhante texto , é sem dúvida uma terra de gente falsa e intriguista . Mas infelizmente é o que temos , fotógrafos do face e jornalistas por encomenda .

Anónimo disse...

Eu já li este texto quatro vezes e guardei em documento word, caso ele se apague, estou completamente fascinada com esta leitura, "História do Hipólito" é um clássico da literatura figueirense, ensinem isso nas escolas.