quinta-feira, 22 de março de 2018

FIGUEIRA DA FOZ RECEBE EVENTO MUNDIAL DE ORIENTAÇÃO



Evento decorre de 1 a 5 de Março de 2019; Esperados 2500 orientistas e 40 paises

O Portugal O' Meeting (POM 2019) foi esta manhã apresentado no Parque de Merendas da Freguesia de S Pedro. Considerado como o maior evento de orientação organizado anualmente em Portugal e um dos mais importantes a nível mundial. O POM 2019, na sua 24.ª edição, decorrerá de 1 a 5 de Março de 2019, no concelho da Figueira da Foz (Leirosa, Fig Foz e Quiaios) sendo a respectiva organização da responsabilidade da Associação Desportiva do Mondego (ADM), Federação Portuguesa de Orientação eFederação Internacional de Orientação em parceria com o Município da Figueira da Foz contando ainda com o apoio de variadas entidades e organismos dos quais se destaca o Turismo do Centro.

O evento de orientação pedestre, modalidade em crescimento a nível nacional e internacional, está integrado no Ranking da Federação Internacional de Orientação (IOF) e no Ranking da Taça de Portugal da Federação Portuguesa de Orientação será desenvolvido em contextos urbano, rural ou florestal sendo certa a presença de alguns dos melhores atletas do mundo e muitas centenas de orientistas de quase quatro dezenas de países, para 5 dias de orientação onde constam 4 etapas de floresta, uma candidata a WRE; 1 sprint estafetas; 1 sprint nocturno e 1 Pre-O.

O POM2019 segundo a organização representada pelo Director da prova Rui Mora tem a expectativa de poder contar no evento com cerca de 2500 Orientistas vindos de pelo menos trinta e seis 37 países, - mais um que em 2017 – o que daria novo record de países com destaque para os países da Escandinávia (Suécia, Noruega e Finlândia) que trarão os maiores exponentes mundiais e serão certamente a maioria dos participantes.

Turismo, natureza e desporto

A Associação Desportiva do Mondego (ADM), responsável pela organização do evento é uma associação desportiva sem fins lucrativos focada na actividade e formação desportiva em geral e mais particularmente na modalidade de orientação, fundada em Novembro de 2014 por um grupo de amigos com alguma experiência na modalidade, fruto da paixão pelo desporto e pela Orientação em particular.

“O projeto a que nos propomos é ambicioso, contudo é assente em alicerces já testados e com provas dadas de sucessos” referiu Susana Mora da ADM concluindo “A nossa filosofia estratégica é assente numa filosofia ponderada e ao mesmo tempo audaz e dinâmica. A nossa ambição é que a ADM seja reconhecida como uma associação diferenciadora na prática de desportos de natureza” disse. A dirigente associativa referiu ainda que qualquer pessoa ou munícipe pode participar quer individualmente quer a nível familiar.

Rui Mora, Director da prova explicou os detalhes técnicos do evento, agradecendo o apoio da Autarquia “fundamental para a uma realização deste nível” anunciando a que se realizarão 60 percursos dia para uma distância longa de 15km e média de 6km.

O evento está orçamentado em cerca de 52 mil Euros, sendo parte desta quantia gasta em cartografia que será feita pelos melhores especialistas nacionais e dois especialistas finlandeses. O dirigente da ADM finalizou referindo “a orientação é um desporto de inclusão, vamos ter a presença de atletas deficientes motores e adaptados bem como orientistas de classe etária na ordem dos 80 e 100 anos.

Mar e sol um cartão-de-visita indispensável

A Conferencia de Imprensa de apresentação do evento, contou com a presença da Vereadora do Desporto da Câmara Municipal da Figueira da Foz, que numa breve alocução endereçou parabéns ao clube figueirense “pela coragem e espírito organizativo” afirmando que para o Município que representa “ é um prazer receber uma prova desta dimensão” numa perspectiva de poder contar para o desenvolvimento turístico da região na vertente de Turismo – Natureza – Desporto aproveitando as características ímpares do nosso concelho onde o principal cartão-de-visita é o mar e o sol.



Sem comentários: