terça-feira, 20 de março de 2018

JORNADAS DE TEATRO AMADOR HOMENAGEIAM A RAÚL SOLNADO


De 27 de março a 19 de maio o Lions Clube da Figueira da Foz promove a 41.ª edição das suas Jornadas de Teatro Amador, este ano através de 14 espectáculos com a participação de 10 grupos locais e um de fora do concelho (Parras da Vinha, de Vinha da Rainha).

Para Simões Baltazar, em nome da comissão de teatro, “as jornadas são um factor de dinamização dos próprios grupos cénicos e ao mesmo tempo de divulgação da arte do teatro. Hoje, quando comparado há uns anos, temos um público mais abrangente, temos mais pessoas nas salas e um teatro de maior qualidade, fruto da dedicação dos grupos mas também da necessidade que têm de participar nestas jornadas”.

Os grupos que participam têm por obrigatoriedade apresentar uma peça nova ou que não tenha sido levada a palco nos últimos cinco anos. Para Simões Baltazar, “as jornadas são também uma forma de partilhar saberes e experiências”, daí que esta edição irá estar presente em colectividades/associações que não dispõem de secção cénica.

Estas 41.as jornadas, além das representações, a pedido da autarquia incluem uma homenagem a Raúl Solnado (dia 5 de maio, no Centro de Artes e Espectáculos). “Consideramos que a homenagem é justíssima e vem dar outro peso às jornadas”, disse Simões Baltazar adiantando que para um orçamento a rondar os 3.000 euros, “a autarquia deverá apoiar com 2.500 euros, mas esperamos que este ano seja um pouco mais”. A Direcção Regional de Cultura do Centro apoia apenas na divulgação das jornadas.

Quanto a preço de bilhetes, a organização não impõe valores. “Cada colectividade vai decidir se cobra bilhetes ou não, as verbas ficam inteiramente para eles e o que pedimos é que no caso de haver entradas, que não se ultrapasse o limite dos 3 euros”.

O Lions Clube da Figueira da Foz irá ainda distribuir o apoio financeiro da autarquia e uma parte dos patrocínios pelos grupos participantes.

A primeira sessão acontece no Dia Mundial do Teatro (27 de março), às 21h30, com o grupo cénico da Sociedade de Instrução Tavaredense a apresentar no Grupo Recreativo Vilaverdense a comédia em dois actos «Marido ausente? Que maravilha!».

As jornadas encerram a 19 de maio, no CAE, com a «Festa do Teatro» e presença de todos os grupos cénicos.

Sacado do Figueira na Hora

Sem comentários: