quarta-feira, 11 de abril de 2018

EM SANTO AMARO DA BOIÇA SINOS TOCARAM A REBATE


A população de Santo Amaro da Boiça, Figueira da Foz, está indignada após encontrar roupas de duas crianças - uma sepultada há 37 anos e outra há 18 - fora das campas.

O caso foi detetado após obras, feitas por uma firma contratada pela junta de freguesia, para resolver o problema da falta de espaço no cemitério. "Atiraram as roupas com as cinzas dos anjinhos contra o muro", grita Maria da Luz, familiar.

Maria de Lurdes, que é proprietária de uma das sepulturas, diz que gritou todo o dia.

Os sinos da aldeia tocaram a rebate e foi chamada a GNR. Rui Ferreira, presidente da junta, diz que foi um lapso da empresa e já contactou as famílias para tentar minimizar o choque.



Sem comentários: