domingo, 13 de maio de 2018

O CRESCIMENTO VAI ACONTECENDO… NAVAL 1893 GARANTE SUBIDA À DIVISÃO DE HONRA


NAVAL 1893 CUMPRE UM DOS SEUS OBJECTIVOS DE TEMPORADA, A SUBIDA À DIVISÃO DE HONRA DA ASSOCIAÇÃO FUTEBOL DE COIMBRA
As expectativas eram enormes, defrontavam-se o 1º e 2º classificados e à partida sabia-se que o vencedor caso houvesse no mínimo tinha garantida a subida de divisão, o Titulo ficaria dependente da próxima jornada.

Uma Naval ambiciosa e muito compenetrada abordou o jogo numa toada ofensiva intensa na perspectiva de poder ganhar alguma tranquilidade que nestes casos é sempre boa companheira e conselheira.

Assim foi. Aos poucos foi acelerando o jogo e em cima do minuto 25, numa grande penalidade indiscutível, Fernando abre o activo. Aumentou a pressão navalista e cinco minutos volvidos uma assistência de Fred com régua e esquadro para João Vasco, este sem rodeios põe o Campo de Treinos em delírio com o marcador a assinalar o 2-0.


Os figueirenses mostravam-se insaciáveis, o jogo passou a ter um só sentido e aos minuto 35, na sequência de um livre, Fred cobrou com êxito a infracção e a Naval ficou com uma vantagem de 3 golos, resultado com que se atingiu o intervalo.

Reentrar na partida com três golos de vantagem numa partida em que a subida estava em jogo era uma nuance com que poucos contavam.  A equipa da Figueira da Foz tomou alguns cuidados sabendo que o adversário tentaria reabrir o jogo nos instantes iniciais.

Menos intenso mas com um futebol mais cauteloso especialmente na posse de bola os comandados de José Godinho foram levando a “água ao seu moinho” não permitindo grandes veleidades ao adversário no último terço do terreno.


João Vasco era um quebra cabeças para a defensiva adversária e na passagem do minuto 75 em lance daqueles em que a velocidade é fundamental, ligou o turbo e o 4-0 apareceu com toda a naturalidade.

Dissiparam-se todas as dúvidas e a Squadra Verdi 03 iniciou de imediato os festejos. Afinal de contas este fim de semana ficará como marco no curto historial da Naval 1893 mas a verdade desportiva ditou que duas equipas, Juniores e Séniores  atingissem os seus objectivos com subida ao Nacional e Divisão Honra respectivamente.

Na próxima Jornada – última – a disputar dia 27 de Maio a Naval desloca-se ao terreno do Moinhos e aí bastar-lhe-á um empate para se sagrar Campeão Distrital.


Fotos Ana Costa

1 comentário:

Anónimo disse...

Tantos que trabalharam para isto, mas outros tantos que invejam estes feitos.

A segunda imagem, é brutal, ver o Sr. Chico de joelhos no chão a festejar um golo, é demonstrativo da paixão com que estas pessoas trabalham diariamente por esta camisola.

De recordar que a 15 dias do inicio do campeonato é que o plantel começou a ganhar alguma forma.

Por fim, e apenas para mostrar que o futuro está mais do que assegurado, hoje a Naval acaba, num jogo decisivo, com 3 juniores em campo e seriam 4 (estava o júnior mais utilizado nos seniores a aquecer), não fosse o mister Godinho dar um prémio ao TóJó nos ultimos minutos.