terça-feira, 29 de maio de 2018

SETE TORRES PARA ILUMINAR SURF NO CABEDELO


A cerimónia de apresentação pública do projecto de iluminação do Cabedelo terá lugar no próximo dia 1 de junho, sexta feira, pelas 15h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Figueira da Foz.
O presidente da autarquia, João Ataíde, destaca a importância deste projecto “no quadro de uma estratégia de capitalização das potencialidades naturais do concelho e de diferenciação positiva nas estruturas de lazer, entre outras”.

A obra em questão está incluída na intervenção global prevista para o Cabedelo (freguesia de S. Pedro), terá início em setembro próximo e durará 12 meses, tendo o custo de 2.640.000€.

Sete torres de iluminação e 21 projectores estão contemplados “num ambicioso mas rigoroso projecto de electrificação que atendeu às condições de humidade e outras próprias do contexto de praia marítima, salvaguardando a segurança de pessoas e animais e preconizando uma iluminação nocturna confortável e apelativa, numa extensão de 50m a contar da linha do molhe”, adianta a autarquia figueirense para quem a iluminação da Praia do Cabedelo “irá permitir a prática nocturna de surf e bodyboard, capitalizando a belíssima paisagem e condições naturais favoráveis a estas modalidades”. 

Este projecto, que irá brevemente começar a tomar forma com o início das obras de electrificação no areal, “é único no País e encontra paralelo em escassos países europeus e mesmo no contexto mundial, sendo por isso fundamental para a estratégia, assumida pelo município, de valorização da Figueira da Foz como destino de desportos de onda e de praia, com características diferenciadoras, desde logo o seu extenso areal urbano e, a breve trecho, também com uma praia com iluminação nocturna a atrair surfistas e bodyboarders de diversos países», conclui o edil.

A intervenção insere-se no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano Sustentável (PEDUS) da Figueira da Foz que visa “proceder a um conjunto significativo de obras que visam dotar o concelho de melhores condições para incrementar, entre outros domínios, o seu desenvolvimento turístico”.

Via Figueira na Hora

Sem comentários: