terça-feira, 5 de junho de 2018

MORREU O SENHOR NICOLAU (TALVEZ) O MÚSICO MAIS ANTIGO DO MUNDO


A Sociedade Boa União Alhadense, perdeu uma das suas referências musicais.

Faleceu hoje, o Músico da Filarmónica e Sócio Honorário da SBU Alhadense, Nicolau dos Santos Fonseca.
Até terminar a sua atividade em 2017, com 92 anos de idade, era provavelmente o músico filarmónico mais antigo do mundo.
As cerimónias fúnebres realizaram-se no dia 6 de junho pelas 17h00, na capela Mortuária de Alhadas, saindo de seguida o funeral para o cemitério da Freguesia.


NICOLAU DOS SANTOS FONSECA

Nasceu em Alhadas a 20 de Junho de 1925, embora no seu registo de nascimento conste o dia 26 de Junho.
Aos dez anos de idade, influenciado por familiares para a aprendizagem da música deu os primeiros passos no solfejo.
Aos doze anos reiniciou o estudo do solfejo no Clube Recreativo Instrução Alhadense, com o senhor Celestino Quadros. Mais tarde frequentou a Escola de música do Ateneu Alhadense tendo como professor o senhor Anselmo Cardoso.

Na Figueira da Foz, pela mão do senhor Carlos Leandro, iniciou a execução em trompete, no entanto foi no instrumento de clarinete que se desenvolveu contando com os ensinamentos do senhor Joaquim Silva Pessoa, na Sociedade Boa União Alhadense.
Em 1943, com dezoito anos de idade inicia a sua atividade na Filarmónica da Sociedade Boa União Alhadense, onde se manteve como executante de saxofone alto até 2017, ano em que terminou a sua atividade musical.

Em 2017, com 92 anos de idade, era provavelmente o músico filarmónico mais antigo do mundo em atividade.
Ao longo de todos estes anos integrou algumas Orquestras que existiram na Boa União.
Participou sempre nos cavalinhos das Marchas da Boa União no S. João da Figueira da Foz, Rancho 1º de Maio, Orquestras das Operetas apresentadas pelo Grupo Cénico da Coletividade.

Manteve-se durante 74 anos ao serviço da Filarmónica da Sociedade Boa União Alhadense.
Pessoa dedicada e de bom trato, conseguiu durante todos estes anos granjear um bom relacionamento com todos (diretores, músicos e população em geral), ganhou a simpatia e admiração dos Alhadenses, sendo uma referência e um exemplo a seguir para todos os que ele privaram na Filarmónica.

Sócio Honorário da SBU Alhadense, desde 22 de fevereiro de 1984.Em reunião ordinária de 07 de Dezembro de 2004, a Câmara Municipal da Figueira da Foz deliberou por unanimidade, atribuir-lhe a medalha de mérito cultural em prata dourada.

A TODO O VAPOR: Conheço o Senhor Nicolau desde miudo. O nosso conhecimento advém da Filarmónica Dez de Agosto quando ele fazia parte da orquestra que tocava nos Autos-Pastoris embora eu soubesse  que a Boa União Alhadense era a colectividade do seu coração. Ainda recentemente numa entrevista que fiz ao Presidente da SBUA Fernando Gonçalves e ao Maestro José Firme o nome do senhor Nicolau foi tema de conversa e foi no decorrer desse bate-papo que soube que o Senhor Nicolau era talvez o musico mais antigo do Mundo.
O Senhor Nicolau partiu mas o seu legado ficou e eu apenas espero que os jovens e os vindouros saibam seguir o exemplo deste HOMEM.
Sentidos Pesames à familia e Sociedade Boa União Alhadense



Sem comentários: