terça-feira, 16 de julho de 2019

A 31ª EDIÇÃO DA GALA INTERNACIONAL DOS PEQUENOS CANTORES REGISTOU O ÊXITO DO COSTUME


Realizou-se no passado domingo, dia 14 de julho, pelas 11h30, no Grande Auditório do Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz, a 31ª Gala Internacional dos Pequenos Cantores.

Numa organização da Câmara Municipal da Figueira da Foz, a Gala terá transmissão televisiva pela RTP1, no dia 18 de agosto, pelas 11h30 e contou com a apresentação de Sónia Araújo.

Foram catorze os participantes nesta 31ª edição vindos de países como Portugal, Rússia, Cabo Verde, China, Eslováquia, Estónia e Noruega.

Os participantes atuaram acompanhados pelo Coro das Pequenas Vozes, dirigido pela Maestrina Alexandra Curado e pela Orquestra Mar & Arte, dirigida pelo Maestro Rui Lúcio.

A Associação Catgym - Escola de Ginástica da Figueira da Foz, abriu o espetáculo com um momento musical e de ginástica, e o início da segunda parte contou com a voz de Sara Carreira.

O júri foi constituído por João Aurélio Sansão Coelho, Jornalista e Presidente do Júri, representante da Câmara Municipal da Figueira da Foz; Paula Duarte, do Instituto de Apoio à Criança; Joana Dias, em representação da RTP/Rádio Zig Zag; Carla Bernardino, Professora de Canto e Técnica Vocal da Escola de Artes do CAE e Mónica Seabra, aluna do Conservatório de Música David de Sousa

Esta 31ª edição teve os seguintes vencedores:

– Melhor Letra – Elisabete do Amaral Albuquerque Freire Aguiar, pela canção "Não deixes", interpretada por Joana de Almeida, de 10 anos, de Portugal (Gouveia).
– Melhor Música – Elisabete do Amaral Albuquerque Freire Aguiar, pela canção "Não deixes", interpretada por Joana de Almeida, de 10 anos, de Portugal (Gouveia).
- Vencedores Estrangeiros –“Hojdana - Hojdana”, música tradicional Eslovaca, interpretada por Liane Olczár, de 10 anos, da Eslováquia e “Godnattsang for nisseunger”, música tradicional Norueguesa, interpretada por Elisabeth Astrup Hjort, de 9 anos, da Noruega.
Vencedor Nacional – “Não deixes”, música de Elisabete do Amaral Albuquerque Freire Aguiar, interpretada por Joana de Almeida, de 10 anos, de Portugal (Gouveia).

Joana de Almeida, de 10 anos, foi assim a vencedora de três prémios da Gala, tendo recebido os prémios de melhor letra, melhor música e vencedor nacional.

Sem comentários: